terça-feira, 31 de março de 2009

Assim não pode ser...

Ora bem, depois de um fim-de-semana regado de quase todos os pecados capitais aqui me encontro pronta a dizer adeus aos colegas (que ficam e os que partem) do atelier.

Preparo-me mentalmente para as 'férias'. Vou ter que pensar muito bem se arrisco a ficar por aqui e procurar nova vaga ou se regresso a casa.

A verdade é que gosto muito da minha casinha em Portugal. Tenho saudades dos amigos e muitas da família e do selvagem (o nosso siamês).

However...O bichinho de andar solta no Mundo já habita por aqui. Tenho vontade de ver e fazer tanta coisa que...não me sinto preparada para regressar.

Até porque...fiz m***a da grossa.

'Enquanto não aparece a pessoa certa, diverte-te com a errada!'.

E foi isso que fiz...Só que agora pesa-me na consciência ter uma pessoa que se diz perdida no meu olhar, mergulhado no meu ser, perdidamente apaixonado por mim!!


Tudo aquilo que ser quer do homem...de quem se gosta. Infelizmente, eu não estou nessa 'onda'.


Pelo contrário! Toda esta situação só me deu mais vontade de voar para ainda mais longe, sentir-me livre e 'livrar-me' deste novela. E ele está lá...em Lx...à minha espera...


Só queria passar um bom bocado, usufruir o momento, mas afinal há homens que se apaixonam verdadeiramente. Principalmente quando sentem que não estamos nas palminhas das mãos deles.


Ou seja, quando estamos loucamente apaixonadas por um sujeito temos que lhe dar algum desprezo e tratá-los um bocadinho mal. Ficam doidos...por nós!! A sério! Tenho provas!!

Ideal seria unir na mesma pessoa o meu ex-Mr. Big com esta devoção e paixão por mim do Mr. Wrong.

Até podia ter a o aspecto do Márcio Garcia que eu não me importava :)))
Curiosamente o meu ex-Mr.Big é parecidíssimo com o Rodrigo Lombardi (que faz de Raj na novela Caminho das Indias...). Spank me again!!!!

Eu mudava-me para o Brasil se fosse preciso!

Aí sim...seria a loucura total!

sexta-feira, 27 de março de 2009

Sometimes...life sucks!

Porque a vida nos prega partidas quando menos se espera...
Porque a morte espera sempre em cada esquina...
Porque quem fica é quem mais sofre...
Porque uma vida inteira nunca será suficiente para se ser, ir, conhecer, descobrir, amar tudo e todos!

A minha homenagem ao Arq. Armando dos Reis que deixou uma vida a meio por contar...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Saudades...

Cada vez que conheço um homem
mais saudades tenho do meu ($%&/"#$%=%) Mr. Big....


Sou uma fraca...mas estou a ser sincera.



Vá, batam-me!




quarta-feira, 25 de março de 2009

Melhor sítio para conhecer Homens!

Tenho várias teorias...de vida, de disparates, de verdades, basicamente...de tudo!


Uma delas tem que ver com homens. Gajos!


Eu cá acho que a melhor maneira de se conhecer um macho é na praia.


Ou seja, o dito gajo será confrontado no imediato com a realidade nua e crua do nosso corpo.


Já que estaremos em trajes menores ele poderá apreciar a nossa celulite, as nossas estrias, a flacidez, as banhitas, enfim...todos os nossos pecados e 'fraquezas' à vista desarmada e bem iluminada pela luz descarada do sol.


Se ainda assim o moçoilo continua interessado...então não há cá inseguranças. Ele gosta mesmo de nós!


Claro que eu nem ponho em causa o interesse intelectual que eles possam ter pelo nosso ser, porque isso é dado mais que adquirido :)


Agora...o oposto já não se aplica. Pelo menos comigo...

As mulheres não querem homens bonitos e bonzões. Quero dizer, até podem sê-lo, mas será meramente um complemento de todas as outras milhares de razões primárias. Eheheheh.

Beauty Secrets


A autora do blog Viver Zen passou-me este desafio: escrever os meus 7 segredos de beleza, escolher 7 blogs para passar o desafio e avisá-los.


Ora, eu ainda sou uma bebé nestas andanças...Ainda não estou preparada para ser deafiada. Mas como não quero fazer desfeita eu respondo...só não vou passá-lo a ninguém (não vou ser amaldiçoada, pois não?!).


Segredos...não serão bem segredos mas...Aqui vão um montão deles :)


- Lavo-me todos os dias :)

- Hidratação corporal diária é obrigatória (Nívea desde sempre, faz-me lembrar a minha saudosa avó...)

- Quando estou com muita pressa e não tenho tempo para o hidratante depois do duche, passo com Oleoban líquido no corpo (com uma esponja carregada de água).

- Anti-celulítico todos os dias nas coxas e bunda (por descarga de consciência...acho que já experimentei todas as marcas do mercado, o que mais gostei foi da Vichy).

- Hidratação das mãos várias vezes ao dia (quando o caso é extremo durmo com as ditas luvas para dar mais efeito).

- Estimo muito os meus pézinhos com pedra pomes no duche e hidratantes a seguir.

- Lavo a cara com um gel específico da La Roche Posay.

- Hidratante facial de manhã (senão ficou com a pele toda repuxada do duche) com factor protecção solar e anti-rugas.

- Máscara hidratante no cabelo 1 vez por semana.

- Aproveito os dez minutos de banho turco ou sauna para ficar com os poros dilatados e encher-me de máscara hidratante facial. Remato com esfoliação e hidratação.

- Antes de me deitar o habitual desmaquilhante, tónico e o hidratante.

- Hidratante nocturno anti-rugas (Avene) para rosto e outro para contorno dos olhos (Body Shop).

- Duas vezes por ano uso um pacote de ampolas para refirmar o peito (não me lembro da marca, mas vende-se na Douglas e aparece em muitas revistas).

- De vez em quando uso cremes anti acne porque deixei de tomar a pílula e as hormonas ainda não se decidiram...(receitadas pelo dermatologista daquelas marcas esquisitas..)

- Lavo sempre os dentes quando acordo e a seguir ao pequeno almoço. Sempre que como alguma coisa...lavar!

- Faço pintura e permanente às pestanas de 4 em 4 meses. Embora continue a utilizar rimmel diariamente.

- No dia a dia maquilho-me muito pouco. Quando é para sair para a night capricho mais. Indispensável o bronzer e blush da Clinique.


Vou parar por aqui senão ainda ficam a pensar que sou alguma desocupada da vida :)


Sei que pelo menos 70% dos 'segredos' que referi são realizados religiosamente por quase todas as mulheres.


No fundo até são coisas que não ocupam muito tempo. Até porque mulher que é mulher enquanto cumpre os seus rituais de beleza aproveita sempre para ir lendo os mails, escolher a roupa para vestir, falar ao telemóvel, enfim...milhares de coisas ao mesmo tempo.
E não, não tenho filhos nem maridos para tratar :)

Mails da Treta

Sou uma quebra-correntes.

Sabem aqueles mails da treta que amaldiçoam uma pessoa se não reenviar o email com o anjo da sorte a 500 pessoas nos próximos 3 segundos?

Pois, pelas minhas contas vou ter que reencarnar mil vezes para 'viver' todas as maldições.

Ricos amigos que eu tenho!!

Já por várias vezes pedi que não me enviassem esse tipo de 'sortes', que azares já eu tenho mais que suficientes.

Não ligaram.


Agora quando recebo os benditos mails sabem o que faço? Reenvio as vezes necessárias para o mesmo remetente. Vingança? Mau-feitio?

Eu avisei...

terça-feira, 24 de março de 2009

Wii-Fit??

Tenho andado que tempos para tentar perceber que raio era o Wii-Fit.
Acho que agora já percebi...um bocadinho.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Ai futuro, ai futurooo...

O fim do mês aproxima-se vertiginosamente e eu...sem saber o que vai acontecer!

Tido e garantido é o bilhete de avião que já comprei para Lisboa. Para já é de ida e volta.
No fim de Abril regresso à pátria...ou não!

Não sei...

E Londres?
E Dubai?


E Luanda?

E se eu tivesse juízo?


Vou tirar umas semanas de férias e depois logo se vê!


Que tal?


domingo, 22 de março de 2009

Alguém me explica...

...a piada de um piercing na língua?

Com um caldinho verde lá preso?

Ou um espinafrezinho?

Ou um esparguete?

Ou tudo o que possam imaginar?

Arrrggghhhh....

P.S- Ainda bem que há gostos para tudo...

Não percebo...

Já passaram por aquela situação de entrarem num sítio e sentirem que estavam a falar (muito possivelmente mal) de vocês?


Pois é...a noite estava animada. Divertida como sempre. Só que desta vez tinha uns intervenientes masculinos que não é costume estarem. Tal como umas personagens femininas que também não costumam estar presentes mas que são muito amigas da B.


Ora bem, eu ainda não devo ter aprendido que quando estão raparigas no grupo não se pode ficar sozinha com os rapazes a ouvir as suas graçolas e disparates. Principalmente se essa gaja que fica no meio deles até é gira e boa (modéstia à parte, como já disse antes, tenho dias!).


Suspeito que alguma delas estaria interessada nalgum deles. Ou dor de cotovelo, pura e simples. Ou então não sei...


Mas fui entrar no cantinho que elas estavam e desatarem a rir na minha cara, uma corre para a casa-de-banho e super atrapalhadas nem conseguiram arranjar uma desculpa plausível para justificar tal repente...Enfim...


Lidar com pessoas mais novas tem alguma piada, mas chega uma altura que percebo...porque é que os meus (verdadeiros) amigos são todos mais velhos.


Fiquei muito desiludida. Vivendo e aprendendo.


Se os homens (amigos) são o que mostram, com as mulheres é preciso ter cuidado. Novas amizades com Elas começa a ser complicado...principalmente quando há muitas solteiras pelo meio.


Se eu soubesse...tinha ficado quietinha no meu canto que era o que me estava a apetecer na altura e não tinha ido sair com eles!






sábado, 21 de março de 2009

Sábado!!

Que isto tem sido uma festa é bem verdade.


Na quinta à noite foram as Tapas, ontem foi jantarzão de Tugas, hoje será a noite Mexicana!

Até já tenho o estômago a roncar...


Ou então é porque a vaca da vizinha resolveu andar a desfilar pela casa com saltos altos desde as 9 da manhã...de um sábado!!! E o meu estômago acordou a reclamar desde cedo...


Hei-de me lembrar de lhe espetar com toc-tocs do cabo da vassoura no tecto às 3 da matina! A ver se a senhora acorda mais tarde no domingo...


Como se não bastasse isso...o seu filho queriduxo (arrrghh) lá está a tocar pela enésima vez o 'Bésame mucho' na trompeta. Ai ai ai...vou correr! É isso!

quinta-feira, 19 de março de 2009

Triumph(o) dos silicones!

Pronto, vou ser mázinha...outra vez.

Eu até gosto da lingerie da Triumph.


Sinceramente gostaria de saber quem é a alminha que escolhe a 'cara' para fazer publicidade a esta marca. Ora se antes era a Cláudia Veira com as suas bolas de silicone implantadas e retocadas no photoshop, agora temos a Helena Coelho.


Mulheres lindas, não tenho qualquer dúvida. Contudo, começo a achar que o alvo de mercado desta marca está direccionado para mulheres artificialmente apetrechadas (nada contra...) no que se refere a seios. E aí o conceito 'Mulheres Reais' perde a sua razão, é um non-sense, é descabido!


Ou então, a realidade é que existe um mercado crescente deste tipo de apetrechamento e que realmente se justifica a aposta.


Pois bem, se por cada fornada de actrizes do Morangos com Açucar saem fornadas de siliconadas (devem ser patrocinadas, com certeza) acrescidas das suas fãs e novas gerações (sim, miúdas com 16 anos ou menos) que tomam esse exemplo então...de facto...a alminha que escolhe estas volumosas representantes de marcas (vulgo emissárias da marca) de lingerie tem a sua lógica.


Eu não me encaixo nesse perfil...portanto, temos pena...Triumph, fica lá com as tuas siliconadas que eu vou para outras bandas.


Isto faz-me lembrar também a alminha iluminada que decidiu colocar a Floribela como representante publicitária da marca Cavalinho.


Escusado será dizer que a minha mãe que sempre comprou malas e acessórios daquela marca nunca mais olhou para elas.


Essa tenho a certeza que foi uma ideia muito pouco inteligente. Ou seja, quiseram capturar uma fatia de mercado mais jovem e rebelde espetando lá um Floribela semi nua agarrada às malas. Quando a faixa de mercado da mesma marca não é para teenagers. Quer pela tradição quer pelo design clássico das peças em si.

Eu não sou publicitária, não percebo nada disso, mas tenho algum senso comum. E há coisas que sinceramente...mais valia contratarem um outsider...


E olhem que em breve vou ficar disponível no mercado...tenho dito!



'Mulheres Reais'...folgo em saber que
sou uma mulher completamente irreal :)


Verdadeiras bombas anti-lei da gravidade :P

Que v-e-r-g-o-n-h-a!!!


A última vez que caí, que dei uma queda valente, que passei uma vergonha de morte foi...a cair de joelhos no chão em frente à esplanada do Meninos do Rio em Lisboa a abarrotar de gente.

Alguém viu?
Pois, essa moçoila com umas plataformas de não-sei-quantos-centímetros e que deu um tombo em câmara lenta era euzinha.


Lindo...


Se tivesse um buraquinho ali à minha frente tinha desaparecido mais rápido que o rolo de papel higiénico da nossa casa-de-banho!!


Estranho é que ninguém reagiu...ninguém se riu...mas tenho a certeza que toda a gente viu!!

Resultado...joelho negro e inchado, mãos esfoladas e 2 caipirinhas de um gole só!

quarta-feira, 18 de março de 2009

E se...

Às vezes penso...E se eu fosse trabalhar para uma Zara Home, ou para a Habitat (que em Portugal agora é a Area..não sei porquê), ou algum sítio do género?

Tirar férias da Arquitectura!

Tirar férias de patrões arquitectos e engenheiros frustrados. Tirar férias de clientes que mudam de discurso todas as semanas (quando não é todos os dias). Tirar férias de ver sempre as mesmas caras todos os dias, no mesmo sítio, às mesmas horas.

Será que me aceitavam?
Nunca trabalhei numa loja, mas levo jeito para arrumar e decorar. Adoro vitrinismo e tenho aptidões para Visual Merchandising (nome pomposo para decorador).

E porque não? Acho que até pagam bem...e teria descontos brutais na Zara!!!!
jejejejeje...


P.S- A minha companheira de piso acabou de me informar que ficará sem trabalho no final deste mês. F***-se!! Somos duas!!!

terça-feira, 17 de março de 2009

Just love yourself

Hoje saí do (que ainda é o) meu trabalho e fui mirar uma loja. Apetecia-me um miminho.

Andei a vasculhar tudo e a experimentar o que consegui carregar. Acabei por só levar uma blusa-a-chamar-o-verão. Fui pagar. A mulher que estava na caixa era nitidamente da América Latina. Aliás, 70% dos imigrantes em Barcelona são da América Latina. Consigo distingui-los ao longe.

Elas são baixinhas e redondinhas, pele moreninha, cabelo super comprido (sempre), feições um pouco indígenas, olhos amendoados, nariz um bocadinho largo e achatado, lábios semi grossos, unhas tipo garras, roupa sempre justíssima e apertada. De vez em quando aparecem aquelas versões saídas de novela mexicana dos anos 80, com risco por fora dos lábios num tom bem mais carregado que o do lipstick, olhos ultra maquilhados em tons escuros com um esfumado forçado. Dá vontade de rir, ou pelo menos sorrir...

Bem, continuando, a moçoila da caixa tinha o cabelo pintado de loiro (sim, quando elas platinam o cabelo não é cá com nuances, cá me cheira que utilizam todas a mesma marca de tinta de fazer em casa), super maquilhada, unhas postiças, aparelho nos dentes e lentes de contacto azuis!!!

Eu não conseguia parar de olhar para ela para tentar perceber que raio é que ela tinha nos olhos. Acho que a deixei feliz por pensar que o investimento nas lentes coloridas estavam a surtir efeito.

Quase que aposto que por baixo da roupa tinha uma cinta e uns colants para levantar o rabo!!!

Isto tem um bocado o efeito de ter uma Naomi Campbell a tentar passar por uma Claudia Schiffer. E não tem nada a ver com a cor da pele!

Mas pronto, quem sou eu para julgar...namorei 6 meses com um rapaz e só depois de termos acabado é que percebi (porque me disseram) que ele usava lentes azuis!!!!


Ai, ai, ai....inocência perdida!

Paranóias

Tenho algumas paranóias, fico sempre contente quando descubro alguém que me ultrapassa a milhas as minhas pancadas. Assim, sinto-me mais 'normal'.


Uma das minhas nóias é apanhar Sida no dentista. Ou na manicure / pedicure. Ou seja, ficar com uma doença horrível de uma maneira estúpida.


Daí que...quando toca a novos relacionamentos, dou sempre a entender que sem exames não há enrolanço comme il faut.


O ginecologista diz que tomar pílula e usar camisinha é um bocado agressivo, pois tanto uma como a outra provocam secura e consequentemente desconforto no acto.

Mas nos dias de hoje...nunca se sabe. E há sempre 'acidentes'.


Como uma amiga minha. Namora há mais de 5 anos com o mesmo rapaz. Ele é 100% fiel (até eu era capaz de pôr as minhas mãos no fogo por ele). No entanto, ela toma pílula, usa camisinha e um dia quando a marota se rompeu, foi a correr tomar a pílula do dia seguinte!!!!


Por isso que, cada vez que oiço ou me contam de miúdas com 14 anos que aparecem grávidas e mais não sei o quê, fico aparvalhada.


Ora bem, se hoje em dia o acesso à informação está muito mais facilitado do que quando eu tinha essa idade, como é que é possível aparecerem criaturas (em número crescente) com total ignorância e desconhecimento absurdo desta matéria??
E muito do que eu aprendi até foi nas aulas, na escola.


Bem, mas aos 14 anos eu ainda brincava com as Barbies...Não percebo esta pressa de quererem crescer e saltar a infância.


Outra pancada que eu tenho é...dormir com o telemóvel por baixo da almofada.


Ora pensem lá bem..se me dizem que dormir com ele na mesa de cabeceira faz mal, por causa do campo magnético ou algo do género, então se eu colocar um obstáculo de não sei quantas penas ou espuma pelo meio não será mais seguro?

Ninguém me soube responder...



segunda-feira, 16 de março de 2009

Frustração do dia

Estou quem nem posso!

É fútil demais, eu sei...Mas estou 'possessa'!!

Então não que os sapatinhos de princesa que eu comprei para o casamento no fim de Abril e que ainda não os estreei, que me custaram 150 óiros agora estão a metade do preço??!!!

Isto faz-se???

Não estamos em época de saldos, que moda é esta??!!

Agora já faz calorzinho


Os ginásios por aqui (quer públicos quer privados) não obrigam a pessoa a fazer contratos anuais.


O Holmes Place daqui não faz contratos e ainda é mais barato que em Portugal. E só tem 2 ginásios!! As condições são as mesmas, com piscina e jacuzzi e tudo mais. Paga-se pouco de inscrição, que reverte em 2 aulas de personal trainning e mais não sei o quê.


Ora, para as vezes que lá tenho metido os pés (shame on you Muñeca!) achei que seria melhor suspender a inscrição. Não tarda chega o fim do mês e eu não sei o que vai ser da minha vida...Poupar uns tostões não faz mal a ninguém.


Aguento-me bem uns meses sem trabalhar, mas prefiro utilizar esse dinheiro para outras coisas...como viajar!


O problema é que em Abril vou ter cá visitas na Páscoa. E depois, estará tudo a trabalhar e eu não terei companhia para viajar. Ainda não cheguei ao ponto de fazer férias sozinha, espero que isso nunca aconteça!


Também terei um casamento lá para o fim desse mesmo mês. Entretanto terei que buscar outro trabalho. Até gostaria de experimentar outra coisa...não sei.


Tenho que me aguentar por aqui porque quero tirar um curso que só começa em Setembro. Recuso-me a sair de Bcn sem ter esse curso no papo!!!


Isto tudo para dizer que resolvi começar a fazer jogging pelas calles de Barcelona. Sim..é muito giro. Mas uma canseira...O meu objectivo é correr uma hora sem parar. Só isso.


Detesto correr...mesmo! Mas tem de ser...


Depois chego a casa e faço os exercícios de localizada.

Só preciso de muita força de vontade...Resta saber quanto tempo é que me vai durar esta pancada.


De resto...foi assim que o meu ex-Mr. Big se iniciou nas Maratonas. Até já percorreu uma mão cheia de capitais mundiais com essa actividade. Eu sempre me recusei a acompanhá-lo...entretanto acabou por conhecer outra.


É por isso que detesto correr...Isso e sentir o rabo aos saltos :P

domingo, 15 de março de 2009

Borda d'Água na Costa da Caparica..já...mé!

Recebi no meu e-mail...passou-se com um amigo de um amigo...só não sei quando!
Também não sei como pára o caso neste momento...De qualquer maneira, já que estamos a iniciar a época do calor, fica o aviso...


"Este mail vem em primeira mão, não é nenhuma cadeia a dizer que ha aranhas venenosas a solta ou que o hotmail vai acabar. Passou-se comigo, Filipe Silva Carvalho e com alguns conhecidos presentes na lista.Passou-se no borda d'agua, o restaurante da praia da morena, costa da caparica, onde fomos a um almoço de aniversário e onde proporcionámos ao restaurante uma conta avultada.

Mas nem sendo bons clientes o gerente permitiu que se abrisse uma garrafa de champagne nossa (comprada fora) no final, para festejar o aniversário, e foi esse o motivo da discussão. Como resolvemos abrir a dita garrafa independentemente da permissão ou não do senhor (por ser uma falta de bom senso ridícula) eles decidiram que iriam parar de nos servir, pelo que pedimos o livro de reclamações, que nos foi recusado, e o próprio gerente disse que iria chamar a polícia antes de ceder o livro de reclamações, e assim o fez.


Aguardámos a polícia, enquanto um de nós retirou a garrafa de champagne da mesa, e indo-se embora em direcção ao seu carro, foi interpelado por um empregado que disse, e passo a citar, "seu filho da puta a garrafa não sai daqui".


Não sei em que escola de hotelaria se terá formado, mas certamente que seja qual for não lhe dá autoridade de nos impedir de mover um objecto que nos pertence para onde quer que nos apeteça.. e o meu amigo, ignorando a suprema autoridade do empregado, continuou a levar a garrafa para o carro sendo agredido por trás com um soco(!!!). é o resultado de se pedir o livro de reclamações hoje em dia.


Envolvendo-se os dois em luta, veem os empregados e o nosso grupo para oexterior, uns participando outros separando e um elemento crucial na história, um empregado brasileiro (cozinheiro) que sai com uma faca, agitando no ar e dizendo "eu mato, eu espeto, vem que é disto que eu gosto.


Chegou a ser desarmado dessa faca mais foi buscar uma segunda, semelhante a um cutelo e regressou à acção, e sendo sempre a minha preocupação principal afastar o individuo da faca do resto da luta (dizendo-lhe "ta quieto com a faca para poder separar o resto, vem aí a polícia- sem grande efeito) acabei por ser agredido na nuca por um objecto contundente de madeira com grande força, e imediatamente depois o próprio cozinheiro agrediu-me com a faca directamente na cabeça!!!, e não satisfeito ainda desferiu alguns golpes nas costas.Mas o golpe inicial foi profundo e cortou uma pequena artéria que condicionou que perdesse bastante sangue e tivesse que ser conduzido ao Hospital Garcia da Horta.


Pelo que sei a polícia chegou à cena pouco tempo depois e identificou os intervenientes, sendo que o passo seguinte será apresentar queixa, e penso que a um indivíduo que ataca com uma faca a cabeça de uma pessoa que esta a tentar seprar uma luta, ainda por cima depois de ter sido agredido na cabeça com força, só poderei processar e acusar de tentativa de homicídio.


Peço, portanto, que pensem bem na falta de profissionalismo e agressividade com que os próprios empregados trataram toda a situação e que nunca mais na vossa vida ponham os pés neste restaurante. E se quiserem dissuadir todos os vossos conhecidos de dar dinheiro a estes criminosos, agradeço bastante."

Filipe Silva Carvalho

sábado, 14 de março de 2009

Oi?

Andava a salivar com este fim-de-semana na neve há séculos...bem, há uma semana. Mas pronto.

Então não é que o gajo (amigo) liga-me ontem à tarde a desmarcar a viagem?! Com a desculpa de ir ver uma exposição de submarinos que termina neste fim-de-semana e 'Tás a ver, oportunidade única...À neve podemos ir em qualquer altura'.

Quando é que os homens aprendem a mentir? Ou pelo menos a inventar desculpas melhores?

Se ele me tivesse dito: 'Olha, afinal este fim-de-semana na neve vai ter que ficar para outra altura, é que está uma granda sol e vou aproveitar para andar de bike com o meu amigo zé'. Aí eu acreditava e ficava satisfeita com a desculpa. Ao menos tinha sido sincero.

Isto faz-me lembrar o outro...No dia em que ele trocou a promessa de uma noite tórrida comigo no Algarve por um bilhete à borlix no Rock in Rio em Lisboa. Quase que deixei cair o telemóvel no mar. Tão desiludida que fiquei...(sim, ele fez 300Km de propósito para ir ao R.I.R).

Burra...como é que eu não vi logo que aquilo Nunca ia dar certo?!

Porque é que ainda hoje me lembro dele?!

Que desperdício...

Não é novela...

Pronto...Eu sei que não devia...mas não me contenho.

Espero que não descubram este meu blogue, senão...é tudo mera coincidência!!!

O meu amigo X. há uns mesitos mudou-se de malas e bagagens para a cidade do exagero arquitectónico, do luxo e do desnecessário. Essa grande cidade com o hotel mais caro e luxuoso do Mundo. Essa cidade onde faz muito calor e sol, muito sol.

Está a ganhar balúrdios no novo emprego (para nós é uma ligeira fortuna, mas tudo se insere nos devidos contextos), tem casa e comida paga. Para além das viagens TODAS que ele quiser.


Enfim, há quem mereça...ele merece.


Acontece que este meu amigo é um pinga-amor. Então, não satisfeito de ter saído de um namoro meio escabroso (onde ela lhe deu com os pés e ainda lhe arrastava asa para o manter na prateleira, apesar de já estar com outro), deu-lhe para se 'apaixonar' por uma amiga de quem se teria reaproximado antes de partir para terras do Além.

Ela, conhecendo-o de ginjeira, sabe muitas histórias da vida dele, que é muito namoradeiro e mais não sei o quê.


Então...falam-se toooodos os dias ao telefone (ele pagou 1000€ de roaming só o mês passado), só mel...De vez em quando chateiam-se (tudo por telefone, à distância). Porque, diz ela, está apaixonada por ele e tem medo de ir mais longe por causa do passado dele. E que ele a vai magoar e mais não sei o quê.


O meu amigo X., que não é gajo para deixar meias histórias sem verificar primeiro, meteu-se num avião durante não sei quantas (muitas) horas para estar com ela. Para falarem olhos nos olhos e resolverem de uma vez por todas aquele impasse. Opah, e dar uma queca valente, pois então!! Só sex phone deve chatear um bocadinho...digo eu!!


Bem, então não é que aquela florzinha de estufa da Y. recusou-se a ir ter com ele??!!!

Sim, neste momento está ele em Lx de com cara de otário agarrado ao telemóvel com a tipa e ela com a mesma desculpa: 'Não, não quero estar contigo porque sei o que vai acontecer...e depois ainda me apaixono mais e tu estás longe...vais-me fazer sofrer...sei como és...'.

Santa paciência!!!


Não sei se bata nele ou se arranque os cabelos a ela?!!


Isto é real? Já tinham ouvido falar em tal história?

Quando se gosta, gosta-se!! E arrisca-se tudo e vamos lá até ao fim que a vida são 3 dias!!!

Gente complicada...

Mais incrédula fico com o facto de um homem como o X. que já namorou bastante, que tem a rodagem toda feita, consiga cair nesta lenga-lenga de uma miúda que só o quer ter à distância. Faz sentido?


De facto...não sou santa...Já dei 'trela' indefinidamente a alguns moçoilos a troco de nada só porque me sabia bem tê-los na prateleira. Mas isso já foi há uns anos. Aprendi, na pele, que isso não se faz quando o sentimento é mesmo verdadeiro. Magoa.

Mas, bolas, somos adultos!! E são histórias assim que me causam dúvidas em relação à inteligência dos meus amigos. Ele que não me venha cá com histórias que ela é muito inteligente, com um mestrado tirado em Londres, que trabalhou numa grande estação televisa do UK, que lê Dostoiévski, que é linda (de facto, é) e mais não sei o quê.
Tonta não deve ser porque conseguiu arrastar um homem por meio Globo só para estar com ela...e no fim nem lhe abriu a porta!

O que me leva a concluir que:
- Os homens não são todos iguais;
- Há homens que gostam de mulheres neuróticas;
- Há homens que gostam de relações complicadas;
- Há homens que gostam de ser maltratados;
- Os homens são facilmente manobrados nas garras de uma mulher;

Afinal estava enganada, os homens são de facto todos muitos parecidos. Principalmente quando se trata da mulher que eles querem ter e não conseguem.
Estou para ver como vai terminar esta história...

P.S- Cá por mim ela tem outro gajo e só dá trela ao meu amigo porque lhe faz bem ao ego ter um bonzão a torcer-se por ela. Quase que aposto..

sexta-feira, 13 de março de 2009

Último quadradinho é para Mim!!

Ora bem...Partilhar casa com um homem é aquilo que já se sabe. Temos que os educar.

Quando se partilha casa com outra mulher como é que a educamos??

Há meses e meses e meses que partilho casa com a M. Gosto muito dela.

Só que há um fenómeno que se passa com o papel higiénico que me ultrapassa. Para já despacha-me um rolo por dia (!!!!) e depois deixa-me sempre, mas SEMPRE o último quadradinho!! Terá uma aversão imensa em trocar o rolo vazio por um inteiro ou...é para ver se me provoca??!

Que raio???

quinta-feira, 12 de março de 2009

Não Pirilamparás :)

Sei que anda por toda a net...mas que me pôs logo bem disposta e me arrancou umas gargalhadas valentes isso foi evidente. Partilho (também) com vocês!

Free Muñeca!!


Como estou numa fase de alguma apreensão em relação ao futuro, dado este panorama de crise absurda, eis que me ponho aa magicar no eterno: e se...?


O dinheiro não traz felicidade. Eu sei, já aqui o tinha dito.


O dinheiro dá-nos Liberdade!


Sim, isso mesmo. Abre-se um leque de opções tangíveis que de outra maneira só ousariamos sonhar (ou nem isso!).


Uma pessoa pode-se dar ao luxo de pensar..se eu quisesse comprava / ia / fazia mas não me apetece. Percebem a diferença?


Ah, pois, mas depois tinhas tudo e era uma seca...As coisas têm mais piada quando se luta bastante por elas.


Discordo. Uma característica típica do ser humano (salvo raras excepções) é que nunca estamos satisfeitos com o que temos. Não obstante uma pessoa possuir uma vasta fortuna logo arranja outros objectivos. Um negócio para se 'entreter'. Ou até mesmo para gerar mais fortuna.


Conheço algumas pessoas abastadas e não as vejo menos felizes do que as mais modestas. Pelo contrário. São pessoas de bem com a vida, com elas próprias, e com um grande à vontade com o que o dinheiro lhes proporciona para poderem ir mais longe!


Por exemplo...partir de mochilas às costas para se dedicarem a uma acção humanitária nos confins da Terra sem pensar em como pagar as contas.


Todas as pessoas que eu conheço e que já fizeram isso tinham, de alguma maneira, um bom back up resource que lhes deu a dita liberdade para apostar em algo que não lhes iria fornecer provendos.


Uma pessoa com uma conta bancária abastada pode-se dar ao luxo de trabalhar a custo zero, só porque sim. Pode ser empreendedora, criar uma empresa e gerar mais postos de trabalho.


É por isso que eu acho que merecia ser 'Livre'. Tenho tantos planos, tantas vontades...Ò Santinho da Fortuna (não sei qual é..), hoje joguei no Euromilhões. Quer fazer o favor de empurrar cá para fora as bolinhas com os meus números? Sim? Boa!!


A ver...

Está bonito está...

Já meti mãos à obra para encontrar novo trabalho para o mês de Abril.

Pois eis que encontro um anúncio para arquitecta...que fale idiomas...que tenha boa aparência...e no mínimo 1,70m?!!!

Que raio?? Querem ver que a altura é proporcional à inteligência de uma pessoa e eu não sabia? Ou a definição de arquitecta alterou devido à crise?

Não me admirava...em Portugal sempre me pagaram à hora!

Pouca vergonha!!

quarta-feira, 11 de março de 2009

God speed, speed us away!!!!!

E já que estou numa de musicalidades...
Esta é das músicas que mais me anima em qualquer momento, desde há muitos anos.

Faz-me lembrar uma louca noite no Kasablanca (grupo K) no Verão de 2006 ;)

E porque adoro Diane Lane...aqui vai!!

Para ouvir em alto e bom som, vale a pena!!



Shout!!

Na sequência de um post anterior...E das aulas de Jam :)))

Laser...again!

A minha companheira de piso lá se deixou convencer pelas 'maravilhas' da depilação a laser!
Só que não foi de modas e partiu logo para as pernas (quem pode, pode!).
Tenho que começar a pensar em retomar as minhas sessões...embora não tenham tido o efeito mágico que se esperava :P
Enfim, sou uma eterna optimista...e masoquista!

terça-feira, 10 de março de 2009

La Crisis...


Acho que se aproxima uma nuvem negra...

A crise é grande e por fim bateu à porta do nosso atelier.

Hora de procurar outro trabalho ou retornar a casa.

Gostava de saber quem foi o espertinho que inventou a Crise!!!

E eu que estava aqui tão bem...

Um bocadinho assustada.

Há dias assim...Melhores virão!

Talvez no próximo job eu me apaixone ;)


segunda-feira, 9 de março de 2009

É preciso ter cuidado...

Os homens adoram loiras. Se forem Polacas então, é perfeito!
Que mania esta agora?!

Tenho muitos amigos homens. Para que fique bem esclarecido que não existe nem existirá qualquer hipótese de 'enrolanço' entre nós, trato logo de os chamar de maninhos, irmãozinhos e coisas assim. Caso contrário, têm sempre esperança. Está-lhes no sangue, não há nada a fazer.

Costumo falar muito abertamente com o meu amigo A. Por certas circunstâncias da vida, começámo-nos a aproximar e a fazer imensos programas juntos. Como comungamos o mesmo grupo de amigos, gerou-se logo um sururu. Se ele tem fama de engatatão, de mim pouco ou nada sabem. Primo pela discrição. É a melhor arma que se pode ter para diversas situações.

Ele não fazia (nem faz) o meu género. Não aprecio mulherengos. No entanto percebo perfeitamente todo o encanto que ele possa suscitar nas mulheres. É muito inteligente, bem na vida, ambicioso q.b., um sentido de humor selecto, um granda carrão (lamento, mas há mulheres que vibram com isso), independente, curioso da vida, viajante, controverso, bom conversador, gosta de sair e divertir-se all night long, óptimo cozinheiro, boa aparência, algum charme, cultíssimo. Em suma, um mar de qualidades.

Simplesmente não faz o meu género. O rapaz lá andou a alimentar fantasias que poderia ter alguma 'sorte' comigo. Depois de bem esclarecido que isso não iria acontecer, as nossas conversas tornaram-se ainda mais sinceras e sem preconconceitos.
Semanalmente acabo por ter um relatório (quase) completo das suas novas conquistas.
É preciso ter estômago. Muitas vezes penso que poderia ser eu no papel de 'conquista relatada', mas nas garras de outro Don Juan. Por isso que não confio nos homens. Mesmo!

Este meu amigo adora as latinas. 'Não há como a mulher portuguesa'. São lindas e tudo o mais. Entretanto agora anda numa de experimentar as belezas que vêm de leste. E há muitas por aí.
Lindas, loiras (outras menos), por norma são cultas e poliglotas. E fáceis...

Fáceis, como assim? Também há portuguesas fáceis de sucumbirem aos prazeres da carne à velocidade da queda de um pombo com uma chumbada certeira. Pois, o que ele me diz (e ao que parece os amigos confirmam) é que elas são fáceis de contentar! Ou seja, ficam plenamente satisfeitas mesmo com a performance sexual menos boa, piorzinha vá, deles. As portuguesas são mais exigentes. Eles têm que se esforçar mais.

Wooowwww!!! Isto quer dizer muita coisa em relação aos homens de Leste!!

Ontem falava com ele no chat. Estava em Varsóvia. Tinha ido lá encontrar-se com uma polaca com quem costumava teclar via net e que já a tinha conhecido numa viagem anterior. Ele tem cerca de 33 anos, ela não tem mais de 23. Está a tirar o curso de medicina, acho. É bonita, loira e ao que parece muito divertida. O meu amigo A. revela-me que...está apaixonado! 'Se tu visses..ela a entrar no hotel e toda a gente torceu o pescoço para a ver passar. Um estouro de mulher. Divertidíssima'.

Eu: Então e agora?
Ele: Bem, agora já tenho outra viagem marcada para vir cá em Abril. Entretanto devemos ir à tua terra (Barcelona), fica mais acessível para ela.
Eu: Beeeem, isso é mesmo sério!
Ele: Não sei. Relações à distância são difíceis. E ela há-de ter um montão de gajos à perna.
Eu: Ora, tu também tens um montão de gajas à tua volta.
Ele: Sim, mas com ela era capaz de passar a regime de exclusividade!
Eu: A sério???!! Bem, mas...diz-me uma coisa...já dormiram juntos?
Ele: Não, ainda não.
Eu: Aaaaah...está certo.

Já sei como vai terminar...

Costumo chamá-lo de deslumbrado! E é-o, de facto. Qualquer mulher um bocado mais bonita, ou mais interessante e ele fica zonzo. Ainda há um mês andava louco por uma brasileira coquette que tinha conhecido aquando da sua viagem a Floripa. Depois conheceu uma modelo polaca no Twins e eram só elogios. Ainda se encontram...

Raramente apaixonado. Se bem que já conta com uma boa carteira de namoros longos.
'Não fui feito para casar, nem ter filhos', revela-me. Eu, como eterna romântica, digo-lhe sempre...até chegar o dia!!

Porque eu, tal como ele, tenho muitas dúvidas em relação a essa história do 'viveram felizes para sempre'. Mas no fundo, tenho esperança que isso ainda venha acontecer. Ele não...Ilude-se por uns meses, namora uns anos, mas depois...'Quando a sinto segura, dependente de mim, desinteresso-me! Não consigo evitá-lo!'.

Espero NUNCA apaixonar-me por um homem assim!! Mas fica a lição aprendida, nunca por nunca demonstrar a nossa total e completa devoção por qualquer homem com quem queiramos projectar um futuro. Há que equilibrar a entrega total de corpo e alma com um certo mistério e negação.
Bom, mesmo bom, é saber que os homens não são todos iguais. E que os maridos das minhas namorados são fontes de inspiração.
O que é facto é que quanto mais tempo deixamos passar, mais solteiros empedernidos eles ficam e mais Kirbys (o da Lipstick Jungle) hão-de aparecer para nós (as Nicos desta Terra) cuidarmos com carinho...muito carinho :))))




O verdadeiro mulherengo Alfie (Jude Law).

Spring time calling!

As praias podem ser artificiais, o mar é o Mediterrâneo, não é o nosso Oceano. Mas pode-se ir a pé ou de Metro até lá..Tem excelentes esplanadas, restaurantes e um passeio marítimo extensíssimo, bem à maneira espanhola.

O Sol...acompanha-me sempre :)




domingo, 8 de março de 2009

Rastas...ja..mé!

Completa e definitivamente não gosto de Rastas!

É horrível, é inestético, é desagradável, é um susto!!


Por aqui, infelizmente, há muitos rastas. E freaks.


Eu tive a oportunidade de partilhar casa com uma criatura com Rastas. Um rapaz. Aliás, um homem!
Ele até era bastante asseadinho em termos corporais. Mas aquele cabelo, não lembra o diabo!
Aliás, aquela alminha não inspira coisa boa. Quer pelos defeitos que outrora já lhe apontei, como também...aquela coisa!


O Sr. Rastas lá da outra casa em 3 semanas lavou o cabelo UMA única vez!! Pois, parece que aquilo dá muito trabalho e demora muito tempo a secar...


Estranhamente, o mesmo Sr. Rastas tinha uma obsessão por pêlos corporais. Não podia ter um! 'Odeio pêlos'! Passava hooooras na casa-de-banho a depilar-se...com creme depilatório!!


Tinha uma estima pela sua pele como nunca vi...num homem! Era creme para as mãos, creme de rosto, creme para corpo e mais não sei o quê.


No entanto, naquele couro cabeludo habitava um manto de nhanha, de caspa e tudo mais! Só disfarçava um bocadinho porque o rapaz era loiro. Por vezes lá ia ele com a pontinha da unha coçar aquela nojentice toda, aaaarrrgggghhhhh!!!


Odeio rastas!!! Não suporto!!! Ou será que aquele gajo é que é execrável?


Seja como for, não recomendo, a sério meninas (e meninos). Não é por acaso que chamam aquilo ninho de ratos!!

Last Night...

As noites em Barcelona têm sempre aquela magia de nunca se saber ao certo o que vai acontecer.

Conhece-se mais alguém, descobre-se sempre mais outro cantinho.


Tem uma coisa fabulosa que é o facto do metro funcionar all night long de sábado para domingo. Seja uma ou cinco da manhã há sempre imensas pessoas no metro e na rua. Uma pessoa até se arrisca a ir sozinha para casa...mesmo que um bocadinho alcoolizada.


Assim não há o drama de conduzir com os copos (acho isso péssimo), nem de sortear o amigo 'cool'. Não há o pavor de apanhar taxista depravados que nos levam à porta de casa e o perigo que isso poderá significar (paranóias...).


Ontem (ou hoje?) não foi excepção.


O ponto de encontro é (quase) sempre em casa de uns tugas porreiraços. Tomam-se as primeiras bebidas, para aquecer o corpito e libertar a alma. O G. prepara uns mojitos divinais, mas quando é para despachar um vodka laranja fica sempre bem.


O que rimos, o que cuscámos, o que conversámos. Muitas empatias e alto astral.


Gosto. Muito. Ainda mais saboroso fica quando se remata a noite com umas Patatas Bravas, esse pecado de gordura. Não bastasse o alcool ter as calorias que tem...


Depois ficamos com anorexia até às 16h. Não apetece comer, nem falar. Não existimos. A partir, precisamente, das 16h e 15 minutos solta-se o bicho e venha o que vier! Não há dieta que trave a compensação psicológica do 'Aii tadinha de mim que há mais de 16 horas que não como nada'!! Ao mesmo tempo que se repete: 'Nunca mais bebo na minha vida...'.


E é ssim que se faz a renovação semanal da massa cinzenta :)

sábado, 7 de março de 2009

Hallelujah!

Se um dia me casar quero esta música na minha entrada triunfal...Hallelujah...Tem tudo a ver comigo: Alelulia!!!A Muñeca vai casar! (mentira!!)
Pena que este Senhor já tenha morrido, gosto da versão dele.

Quiche!!




Hoje apeteceu-me...e fiz!!!


Quiche de frango com espinafres e cogumelos. Nhammmm!!!

sexta-feira, 6 de março de 2009

Partilhar casa!

Se eu estivesse na minha casa em Lisboa agora fariam 8 anos que moro sozinha.

Aos 18 anos parti para Lisboa, para tirar o curso. Partilhei casa com amigas, inimigas e assim-assim. Por fim, achámos que alugar quarto era um investimento de fundo perdido e lá decidimos aproveitar os últimos cartuchos do crédito bonificado para investir numa casita em Lisboa.

A minha mãe é alfacinha de gema. Lembro-me de ir regularmente à capital visitar os meus saudosos avós ali para os lados do Jardim da Estrela.


Eu detestava Lisboa. Muito trânsito, confusão, stress. Mas quando me levavam para a Baixa, ai senhores, que eu passava a adorar aquilo :) Desde pequenina...

Curiosamente, acabei por me apaixonar por um apartamento (num prédio centenário) não muito longe da casa dos meus avós. Ironias do destino!


A pouco e pouco...fui-me apaixonando. Adoro aquela cidade. Adoro o facto de deixar o carro parado o fim de semana inteiro e infiltrar-me a pé pelas ruas de uma cidade semi-adormecida. Adoro descobrir Lisboa todos os dias. Por isso é que me custava horrores ter que trabalhar fora da capital. Conduzia contra o trânsito, é um facto, mas ainda assim... Os arredores de Lisboa são assustadores, mas pronto, é uma teoria minha...


Quando vim para Barcelona deparei-me com a realidade (adormecida) de ter de partilhar um espaço com outras pessoas. Viver com...


Em parte, também foi isso que me trouxe até cá. Quebrar um pouco os tiques enraizados de quem mora sozinha há anos.


No início foi complicado. Calhou-me na rifa um quarto mínimo, numa casa com 2 rapazes. Em termos relacionais não tive problemas, até porque me considero bastante sociável, modéstia à parte, e disfarço bem.

Maaaaas....what a nightmare!!!

Eu sei que há homens e homens, todos somos diferentes, mas passar de um paraíso chamado 'o meu paláciozinho' para uma casa de homens, não foi fácil. Durou 3 semanas e quase uma depressão. Foi o que me bastou e não quero mais!

Sabem aquela história do tampo da sanita para cima, do jogo vamos lá ver quem deixa mais pingos na borda, escovas de dentes esventradas, a loiça lava-se sozinha, faço barulho às 3 da manhã porque a casa também é minha, a fruta podre no frigorífico é bonita de se ver e dá bom cheiro, etc, etc? Pois, imaginem isso a duplicar!!

Como não era mãezinha deles, nem me dei ao trabalho de tentar educá-los. Já eram adultos, tinham mais que obrigação de saber viver em comunidade!

O que mais me irritava era quando um dos 'senhores' tinha a mania de que, como era o 'dono' da casa, também podia dar-me ordens!! Andava sempre atrás de mim para ver se eu desligava as luzes quando saía do quarto para ir à cozinha buscar qualquer coisa. Enquanto que o menino deixava rasto de luzes e aquecedores ligados por cada canto que passava. Aiiiiiii, que nervos!!

Destesto pessoas 'agarradinhas', que andam a contar tostões quando até ganham (bastante) bem para aquilo que não fazem. Não jantam em restaurantes (nem têm que ser bons) porque 'isso é para gente fina', não têm televisão em casa porque sempre é um dinheirinho que se poupa e assim não se vêem noticiários e vivemos felizes na ignorância, têm uns sofás podres de nojentos, uns colchões negros de bactérias, com molas soltas, mas..investir em mobiliário é para gente rica! Poupam nestas coisas e depois só compram guitarras xpto quando nem sequer sabem tocar! Compram motas da treta quando já têm outra.

Beeem...respirei fundo, apliquei as minhas aulas de Yoga, tentei ser passiva e pacífica. Não queria chatices, só queria sair dali. Mas o trauma, esse ninguém mo tira!

Ainda por cima como tinham a mania que sabiam tocar guitarra punham-se a ensaiar horas a fio, com o amplificador no máximo, independentemente se eu estivesse com uma enxaqueca brutal. E se tocavam mal, senhores...

Partilhar casa com um homem só se ele me pagar bem entre lençóis!! E tem que vir muito bem educado! No mínimo, tem de respeitar as mesmas regras que eu. Se eu consigo, porque não há-de ele conseguir? Não estou a pedir que façam o pino com uma mão!!

Entretanto, e desde então, encontrei um palácio que partilho com mais outra rapariga. Assim, sim. Fora o aparte de ela me deixar frequentemente com o rabo alçado a olhar para a última folhinha do papel higiénico :) De resto, o paraíso!



Ciúmes


Tenho uma relação estranha com o ciúme.
Se é ele com um ataque de ciumeira, eu nunca levo a sério. Começo-me a rir. Acho sempre que é fita, só para tentarem 'apimentar' o filme. Não ligo muito.
Os Homens são um bocadinho como as crianças, se não dermos muita importância ao assunto, em breve elas esquecem o drama!

Já eu, que sou mulher, o caso muda de figura.

Quando estou numa relação, por norma não tenho ciúmes. Dou toda a liberdade, numa medida de reciprocidade. Ele pode sair com os amigos à vontade, tomar cafés com as amigas, etc, etc. Se ele está comigo é porque gosta, não é? E quando se gosta de algo ou alguém, convém estimá-lo e não fazer asneira, certo? Pois.

Os homens adooooram queixar-se que as namoradas são umas chatas controladoras e ciumentas. Mas a verdade é que no fundo, no fundo, eles gostam de rédea curta. São uns fingidos.

E sei-o por experiência própria e por confirmação de amigos mais próximos. Do mais mulherengo ao mais nerd.

Acontece que eu não sou assim. Quando gosto mesmo de alguém, tenho medo de sufocá-lo e ele se vá embora. Ou medo de me sufocar e fartar-me. Por isso, dou toda a liberdade que eles 'dizem querer'.

Não tenho ciúmes. Eles não acham normal e põem em dúvida os meus sentimentos.

Quando a relação termina...Aaaahhhh, pois é!!! Aí, meus amores, sobem-me os ciumes a todos os poros do meu corpo. Fico vidrada, obcecada, doeeente de o imaginar longe de mim e com outra!!! Mesmo que tenha sido eu a terminar o caso! Acho sempre que ele deve ficar em eterno sofrimento por ter 'perdido' uma mulher como eu...


É estúpido, eu sei. Mas descobri que sou assim.


Fico horas a vasculhar o Hi5 a ver se ele tem 'amigas' novas. Horas a tentar descobrir a password do seu e-mail. Horas a penitenciar-me com uma chibata mental a pensar nela com uma vaca estúpida. Horas a fazer 'desvios' para passar em frente a casa dele e ver se está em casa.


Enfim...mas o mais importante é que nunca por nunca eles sequer sonham com esta minha perseguição!


Há-que manter a pose de alto desprezo. E nisso, sou boa, mesmo muito boa a fazê-lo :)


Até porque...sou Mulher e muito orgulhosa!



quinta-feira, 5 de março de 2009

I wish I was there!

Até me deu um arrepio na espinha! Viver é dançar!!

Madrugada...

Ando viciada nesta música. É linda. Deliciosa... Por isso partilho com vocês :)

Camile On Heels

Beeeem, o jeitaço que isto me daria!!!

Girl meets boy


Que dizer de 'amigas' que assim que arranjam namorado desaparecem do mapa?


Nunca mais ligam, respondem aos sms passados dias (quando respondem), aparecem no MSN muito timidamente, desmarcam programas no último minuto, deixam de comunicar, pura e simplesmente.


Já me aconteceu várias vezes.

No início eu ficava chocada, desiludida e frustrada. Depois, fui aprendendo, que há pessoas assim e pronto.

Mesmo aquelas que enchem a boca para dizer que são ultra independentes e não precisam de homens para nada, bla bla bla. Essas...são as piores!!!!!!!


Quando lhes passa o fulgor da paixão, voltam a tentar comunicar. Mas com muitas hesitações. Não vou eu roubar-lhes o namorado!!!

Sim, que a minha segunda ocupação na vida é roubar namorados alheios! Dá mais pica. Que isto de arranjar homem por si só é uma seca. Se vier com grandes dramas e novelas mexicanas atrás é muito melhor (caso não tenham reparado...estava a ser irónica)!


O que mais me irrita são aquelas que quando tentam voltar a comunicar perguntam sempre a mesma coisa: Então e tu? Gajos?

Haja paciênciaaaaa.....Qualquer dia respondo: Gajos??? Nãoooo...GajAs!!!

Eheheheh....pior, é que eram capazes de acreditar. Mesmo!


Quando acabam por dar o nó, a pergunta passa a ser: Então e tu? Não casas? Queres ficar para tia??

Sim, eu confesso. O meu sonho é ser tia...zorra!!! Assim daquelas supê chiques, tá a ver? Que passam a vida a arrastar a bunda sem celulite nas mais luxuosas lojas das mais cosmopolitas cidades do Mundo. Passar a vida em fêeestas, viajar imeeenso, ter um Ambrósio e etcs. (bem...não é exactamente mentira...).


Eu já avisei toda a gente, quando finalmente conhecer o The One and Only vou desaparecer do mapa durante 3 meses. Vai ser a desforra de tantos anos à procura. Acho que mereço!


Duvido muito que isso aconteça...Tenho aquele problema de me fartar rapidamente das pessoas....Preciso de ar, muito ar...fresco.


Por isso, cá me parece que os meus amigos vão ter de me aturar o resto das suas vidas...


Contudo, isso pode significar que vão ter que aturar uma grande TiaZorra :)))))

OLÉ!!!