sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Tudo a postos?

Este ano a passagem de ano vai ser muuuuito caseira. Com amigos (dele) é certo, mas muuuuito caseira (aposto que vamos estar a jogar Wii o tempo inteiro, ou a falar da crise -quase todos arquitectos). Mas a mim é que não me apanham a fazer a meia-noite a assistir a Casa dos Segredos. Recuso-me!


Nada a ver com a nossa comemoração do Ano passado em pleno Times Square em NY.

Este ano poupamos, mas daqui a 12 meses estaremos no Riiiiiooooo (temos de acreditar muito para concretizar, certo?).


Eu gostava de pelo menos ir assistir aos fogos de artifício...vou ter de fazer olhinhos de bambi para o guapo a ver se o arrasto até ao Parque das Nações.


Se nos entretantos, tivermos mesmo de ficar entre quatro paredes 'sugaditos', vou respirar fundo e lembrar-me do Cirque du Soleil. Isso sim, para mim foi uma verdadeira festa!! Podia fazer a passagem de Ano ao compasso do Alegria e estaria mais que feliz.


Adorei, adorei, adorei! As expectativas eram muuuuito baixas. Não ia contrariada mas ia com um pouco de birra. Foi da maneira que correu tudo ainda melhor.


Nada a ver com o circo tradicional. Ri-me até às lágrimas. Fiquei maravilhada com os trajes e os cenários. Assisti a verdadeiros saraus de ginástica acrobática de alta exibição (que isso eu já gosto bastante).

Querido 2012...

Viagens das boas pra nós :)


Formentera




Rioooo, Riooooo, Riiiiooooo


Dubai


Maldivas

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Ando com nervoso miudinho

Os saldos já começaram e eu ainda não espreitei NADA!!
 
Ainda por cima estou a ouvir a minha colega a descrever a sua maratona de compras ontem, grrrrrrrrrrrr!!!!
 
Hoje tenho bilhetes para o Cirque du Soleil, veremos se vou gostar (não sou fã de circo, mas dizem que este é um espectáculo completamente diferente).
 
Se eu pudesse desdobrar-me, uma parte de mim estaria a vasculhar as lojas todinhas. É que todas as manhãs é um sofrimento olhar para o roupeiro e não ter nada para vestir. Estou farta da minha roupa (de Inverno), sempre a meeeeesma coisa!!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Em jeito de Balanço

2011 foi BOM porque a família está boa e unida.


Viajei bastante na primeira metade do ano.


Fiquei NOIVA do homem mais lindo e perfeito para mim.


Tive trabalho na agência e depois arranjei outro trabalho onde estou agora (e espero que este seja para continuar!).



2011 foi menos bom porque...

a mãe ficou doente, a sogra foi atropelada, desiludi-me bastante com uma amizade, o Mano ficou de coração partido, fartei-me de gastar dinheiro com o carro (bateria, vidro, inspecção e agora o espelho lateral), fartei-me de gastar dinheiro com obras em casa (e ainda vou gastar mais...) e mesmo assim não ficou bem.


Posto isto, até que 2011 não foi nada mau.

Estou c'os NERVOS

Uma pessoa esfalfa-se a trabalhar. Anda sempre à caça dos preços mais baixos. Chicoteia-se mentalmente por ter pensamentos pecaminosos com aqueles sapatos, aquele vestido, aquela mala. Controla-se, respira fundo. Inspira, expira e anda em frente.
 
Depois, vai-se a ver, o dinheiro é-nos tirado na mesma.
 
Ontem cheguei ao pé do carro e tinham-me esfrangalhado o espelho do pendura.
 
Como é que é possível?
 
Ou o sujeito/a prevaricador estava bêbedo ou então estava entretido a conduzir de olhos fechados com pé a fundo no acelerador e ops! levou-me o espelho à frente!
 
Claro que deixar uma notinha com o contacto nem pensar, isso são coisas de outra época, de outros valores.
 
De maneira que é assim. Ando a poupar para repôr o que os outros me destroem. Grrrrrrrrr!!!
Obviamente que ao querido/a condutor/a que me fez tal estrago só desejo que façam o mesmo na sua carroça. De preferência nos dois espelhos, que é para não ser chico/a esperto/a.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Aiiii, o Natal...

...foi tão, mas tão BOM!!!
Agora estou meio deprê com o fim da festa. Aquela azáfama toda a compor a mesa, a fazer as entradas, fazer compras de última hora, a casa cheia (somos poucos mas bons!), aguardar pela hora do Pai Natal descer pela chaminé e ser surpreendida com montes de presentes  fabulosos!
 
FA-BU-LO-SOS!!!!!
 
- Ora bem, para começar um mega super portátil (Notebook da Samsug) todo xpto para poder fazer renders de 3D em menos de 3 horas, uma verdadeira máquina;
- As famosas leggings Push-up da Calzedonia (em duplicado, vou ter de trocar as outras por outra coisa qualquer);
- Cuecas encarnadas Intimissimi;
- Chocolates (Toblerone, Hussel, M&Ms e Guylian);
- Creme hidratante para a cara Baba de Caracol;
- Voucher a Vida é Bela de SPA's;
 
Do meu guapo, só posso dizer uma coisa: é DOIDO!!!!
O mega caixote tinha muitos Momentos. Momentos de Sedução (um voucher para jantar afrodisíaco), Momentos Relaxantes (Massagens a dois); Momentos Culturais (Bilhete para Bailado no Teatro de S. Carlos); Momentos de Diversão (Wii Party Zone); Momentos Anti-Depressão: uma Mala Liiiiinda da Mango Touch e uma outra coisa ESPECTACULAR que eu não quero revelar, pois tenho algum receio que isso me 'desmascare' deste doce anonimato.
 
Mas que foi um presente à la Sex & the City, lá isso...Perdeu a cabeça, o meu guapo!!
 
Agora estou com preguiça, não apetece nada trabalhar.
 
Tenho de ter ideias para a Passagem de Ano. Está tudo sem vontade de fazer nada!!!
 
E eu só sei que à meia-noite quero estar a dar muitos beijos e amassos no meu homem :)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Prontinho

Já cumpri com a minha vontade.
Personalizei postais virtuais para alguns amigos, telefonei a outros tantos e enviei mensagens a outros. Desejei boas festas, muitas prendinhas e açucar nas ancas para todos. Estou satisfeita.
Os embrulhos estão todos feitos, a mala de viagem também.
 
Agora é trabalhar umas horitas e rumar para o Natal em família. Vou com um grande desejo no coração: que a minha mami fique logo boa!
 
A quem me lê, ou passa por aqui por acaso ou porque sim, um Grande Natal para vocês.
Grande em sentimentos e boas energias.
 
FELIZ NATAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Hoje não tenho olhos

Pois que saí a correr de casa, super atrasada, depois de ter re-arrumado tudo para receber visitas esta noite.
Quando cheguei ao trabalho é que reparei que faltava algo. Os meus olhos!!!
 
Esqueci-me de pôr rímel, o que equivale dizer que os meus olhos fundem-se na minha cara, não se distinguem nem a um palmo de distância.
 
Sinto-me nua.

É Natal?

Pela primeira vez desde sempre ainda não recebi mensagens de toooda a gente a desejar um Bom Natal.

Até agora só recebi emails e telefonemas com votos de Boas Festas de empresas ou pessoas relacionadas com trabalho.


Os amigos estão esquecidos de mim. Ou então anda tudo desmotivado mesmo. Deprimidos, sei lá!


Neste momento estou a olhar para o único presente que me deram até agora, o do Guapo.

É uma caixa enorme (chega-me pela cintura, não estou a exagerar!) forrada com tecido rosa e uma fita de cetim cinza. Está lindo!!!


Eu aqui ando a tentar vizualizar que raio poderá estar lá dentro, mas não faço a mínima ideia.


E pensar que ainda faltam 3 diaaaasss, que tormento!!!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Tanta coisa para fazer

E vontade zero!!

Este frio arrasa comigo! Fico incapacitada para fazer o que quer que seja.

Só queria uns 30 graus de frescura, de papo para o ar, onde, onde?

Pois...onde faz sol e calor :)




e mais!

...retomar a depilação a laser!!!
 
...chegar a horas ao trabalho (há duas semanas que atraso-me sempre 10 minutos de manhã, não percebo!)

Já que se fala em planos para o Ano Novo

Para além do óbvio, do que eu mais desejo profundamente, saúde para os meus mais que tudo da minha vida, sorte (sim, cada vez mais acredito que o facto de andarmos ligeiros e felizes pela vida é preciso ter muita sorte!), um grande e verdadeiro amor para o meu mano, oportunidades de trabalho concretizadas, energia e AMOR intenso e correspondido.


Para além de tudo isso, tenho desejos mais materiais que gostaria de concretizar. São objectivos, vá.


Então o desejo Nº1 seria ter paciência, força e dedicação para fazer o mestrado;


- Nº2

A tão desejada viagem ao Rio. Rio de Janeiro. Sem ficar falida, de preferência (Brasiu tá caro prá xuxu).


- Nº3

Começar a planear o casório, mas à séria. Com orçamentos e pés na terra.


- Nº4

Fazer mais desporto.


- Nº5

Ser mais regrada e dormir 8 horas certinhas por noite.


E é isso. Se 2012 desse para concretizar isso tudo, ficaria muuuito feliz :)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Where did the weekend go??

Aiiiiiii, preciso de descanso!!!
 
Conseguimos montar o closet :))))))
Bem...só a parte estrutural. Os varões e gavetas ficaram no cantinho à espera de tempo (nosso) para terminar.
 
Foi uma correria entre as montagens, visitas à sogrinha e compras de Natal. Estou de rastos e ainda não fiz as compras todas!!!
Realmente, esta coisa de deixar tudo para última hora é de loucos. Acabo por gastar muito mais do que o que devia.
 
Por este caminho não vou ter pilim para os Saldos!!!
 
Agora é que dói, estou um farrapo! Não me apetece trabalhar e para sair da cama foi um sarilho. C'hórror!
(ainda nem sequer tenho filhos e já me canso desse jeito, não me parece bem)
 
 
Boa SEMANA para todos!!!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

O Outlook e o bicho das sete cabeças

Custa-me a acreditar que pessoas com funções administrativas, que trabalham há séculos na mesma função, ainda não saibam como seleccionar vários destinatários para um email através do Outlook.
 
É vê-la a escrever os nomes toooodoooos num papel e depois passar para o pc. Mon Dieu!
 
Por acaso topei e, gentilmente, expliquei como podia fazer da maneira mais normal e prática.
 
Será que estou a ser intolerante? Mas bolas, estou a falar de pessoas com pouco mais de quarenta anos!!!!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Que venha o fim de semana!!!

Montes de actividades:
- Mudar a fechadura da casa nova do Guapo;
- Montar os armários para o closet comprados no IKEA (cheira-me que vai demorar mais do que um fim-de-semana);
- Montar o sofá da sala e o sofá do escritório;
- Montar a secretária do escritório;
- Montar o cadeirão (sim, até o cadeirão veio desmontado...e é da Area!);
- Acabar as compras de Natal;
- Ver o filme que estreia hoje de 'Ano Novo, Vida Nova' que tantas recordações nos trarão da nossa última passagem de Ano.
 
Preciso de férias!!!!!!
Preciso de planos de viagens urgentemente!!!
 

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Uma pessoa só dá pela maré de tranquilidade quando de repente aparece uma onda gigante que leva tudo à frente.


No trabalho tudo corre bem, no amor também, mas a mãe adoece, o pai anda com tonturas e a sogra foi atropelada. Para além de duas amizades que julgamos verdadeiras, na realidade andam a envenenar-nos os pensamentos. Desilusões.


Outrora, gabávamo-nos das amizades sólidas, da família estar bem, com saúde e alegria, embora nos faltasse trabalho e dinheiro.


Nunca está tudo a 100%, o que até concordo que seria uma chatice. Mas pelo menos 90%, não?


É que o que mais me chateia é que se com a saúde há uma impotência humana de antevermos o que quer que seja, com as amizades, as verdadeiras, não deveria haver estes mal entendidos que quase que se transformam em guerra e juras de inimizade eterna. É horrível e não tenho pachorra para estar novamente a hastear bandeira branca para uma pessoa que acha que tem de ter sempre razão. No matter what.


Enfim, é só um desabafo. Pode ser que assim afaste a má energia de uma vez por todas!

domingo, 11 de dezembro de 2011

Desconfio...

...que depois da Tempestade vem a Bonança, não é mais que fenómeno factual com um ciclo vicioso sem fim à vista.
Esperemos que a Bonança chegue em breve e que seja bem longa!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Com tanto frio

Com meias grossas calçadas, pijama quentinho, roupão, enrolada na manta, aquecedor acampado a 20 cm de mim e ainda assim está frio!

Casas com um século é no que dá. Entra frio por todo o lado, só pode.


Enfim, isto tudo para dizer que tomámos uma decisão. Vamos escolher o sitio da lua-de-mel. Vamos investigar várias hipóteses e vários orçamentos. Só depois é que teremos data para o casório.


Acho que é a única maneira de começarmos a tratar deste assunto. É começá-lo pelo fim :)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

As célebres medidas de austeridade

- Mais meia-hora de trabalho por dia - Check (até costumo fazer bem mais que isso porque sou parva, mas a partir de agora vou cumprir escrupulosamente o meu horário);

- Não há tolerância de ponto no Natal nem na Passagem de Ano - Check (lá vou ter de cobrar as horas as mais que tenho feito e zarpar para Sul à hora que bem me apetecer);

- Metade do subsidio de Natal - Check (não me assiste de todo...Avença a Recibos Verdes, if you know what I mean);

- Redução dos Feriados - What's the point????

- Portagens nas Ex-Scut - não tenho Via Verde, que faço à minha vida? Ponho laca na matrícula?

Só medidas inteligentes e infalíveis. Ou melhor, medidas 'para Troika ver' e acreditar que estamos a melhorar imeeeenso a nossa economia.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Vizinhança Nova

Estou tramada!


Tenho uns vizinhos novos (no apartamento ao lado do meu). Um casal novito, coiso e tal.

Eu até estaria tranquila, não fosse o facto de o casal maravilha tere 2 cães. Cães esses que ficam no terraço, a ladrar que nem doidos cada vez que passa um gato (e olhem que por aqui há muitos). Considerando que esse terraço fica ao lado do meu quarto, podem imaginar como não têm sido as noites por aqui.


Sinceramente! Não tenho sorte nenhuma com os vizinhos!


E agora o que é que eu faço?

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Muito chato

Quando alguém leva os créditos/louros do nosso árduo trabalho.
É tão injusto e tão irritante!!!!
 
Acho que hoje devia ter ficado em casa mesmo.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

A mãe pediu-me a carta ao Pai Natal...

..mas acho que não vai achar piada nenhuma.



Mas há mais, só que agora não me lembro do resto :)

É engraçada esta coisa chamada de vida.
Há tempos atrás eu chorava, berrava, bezerrava pelo meu ex Mr. Big.
Hoje olho para trás e largo uma gargalhada! Como é que é possível?!
Aprendi muita coisa com as minhas relações passadas, mas hoje
parecem-me tão longínquas, tão pequenas que até me custa acreditar que
tudo o que eu vivi foi real.
Não sei, nem quero saber!
Hoje sinto-me bem. E isso é suficiente para estar feliz!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Amanheceeeer

Fui ver o ultimo filme da saga Twilight.
 
Tal como o titulo indica, a sensação que me ficou deste filme foi mesmo isso. Amanhecer e acordar devagarinho. Muito devagarinho. Sentidos adormecidos e mente entorpecida.
 
Fiquei com imensa vontade de chorar. Chorar de saudades do primeiro livro. Do primeiro filme.
 
Pronto, já se percebeu que não gostei nada deste filme, não?

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Acho muito bem

Os 'grevistas' de hoje têm todo o meu apoio.
 
São sempre os mesmos a apertar o cinto, a perder direitos que foram conquistados ao longo de décadas.
 
É revoltante assistir a comunicações incessantes de mais cortes, menos direitos e mais deveres para a classe trabalhadora, quando existe uma classe de 'dótores' do governo perfeitamente intocável.
 
Alguns até têm direito a receber o ordenado por inteiro, com motorista à porta e criadagem sem NADA fazerem, simplesmente porque têm estatuto.
Isso sim é de matar, mas ninguém faz nada.
 
Os mesmo que cagam sentenças são os mesmo que criam esquemas LEGAIS para não serem afectados pelas novas regras.
 
Se há crise e há cortes, então que sejam para todos, sem excepções!
 
Eu também queria fazer greve, mas perante o meu estatuto de falso recibo verde não iria ganhar nada com isso. Pelo contrário. A ameaça de não renovarem os meus serviços é diária e constante. Uma tristeza, portanto.
 
 

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Querido Pai Natal

Este Natal só queria perder 4 quilos com muita saúde e sem deixar de comer chocolates, bolos, batata frita, scones com doce de abóbora e iguarias natalícias.


Agradecimentos desta menina muito bem comportada :)


P.S- Já agora, quando é que começam as promoções pré natalícias?

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Ai as minhas unhas

Este fim de semana lá fui retirar o gelinho para dar 'descanso' às unhas.


Só vos digo uma coisa: parecem papel!! A sério, doem-me as unhas!! Estão tão fininhas que é como se tivesse a carne à vista.


Enfim, vaidade a quanto obrigas!


Agora fiquei com curiosidade do removedor do gelinho da Nails4us. É que o problema de retirar o verniz de gel é precisamente o facto de nos polirem demasiado a unha com aquele polidor horroroso (ou então a minha esteticista tem uma tremenda falta de jeito, que eu também acredito que possa ser isso).

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

ZZZzzzz

Quem vê a novela nova da Globo às onze e meia da noite, quem é, quem é?

Quem é que não acorda quando o despertador toca e chega atrasada ao trabalho? Quem é, quem é?

Pois, estamos mal. Muito InSICsato, coração. Tarde pra caramba!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

6-2

Por coincidência estava a tentar tirar uma foto com um apps novo

que instalei no telemóvel quando se deu o (nosso) 2º golo

(daí estar toda tremida e desfocada)




Nunca tinha reparado nestes securitas (são os stuarts??) que passam o

jogo INTEIRO de costas voltadas para o jogo, a controlarem o público. Coitados!!!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Pelintra das Bolas

Há uma colega na minha sala que TODOS os dias come uma bola de berlim com creme ao lanche. E cada vez está mais magra!!!! VACA!!!
 
Ainda não tinha dito?
 
Todos os dias?
 
Às quatro da tarde?
 
A baba que escorre da minha boca é tal que eu começo a desconfiar que é isso que me está a fazer engordar.
 
Snif, snif...
 
 

Sem sombra de qualquer dúvida

Estou gorda. Estou mais gorda.
 
Ia vestir as minhas calças pretas nº36 e já não me servem. Ficam apertadas que só elas.
Um horror, o drama, a catástrofe total!
 
Sou oficialmente uma mulher de 38. Um 38 flácido e desgostoso. Com direito a celulite aos potes. Estou mesmo uma desgraça.
 
Isto tudo por culpa do...trabalho!!!
 
Ora bem, 9 horas por dia com o rabo sentado e estômago relaxado só dá desgosto.
 
Milagres para emagrecer e perder celulite com 9h por dia de rabo colado na cadeira?

Eu fui, eu fui...

...ao Estádio, ver o jogo da nossa selecção!!!

Um dia destes comentei com o meu guapo que gostaria de ver um jogo num dos estádios de Lisboa para ver qual era o efeito. Para sentir a vibração que toda a gente fala.

Hoje foi o dia! O guapo deu-me ordens para me agasalhar bem e...surpresa!!! Tão fofinho :)

Adorei a experiência, mas ia tendo uma sincope!

Eu não vejo jogos porque fico extremamente nervosa, então imaginem este que totalizou 8 golos!!
Fora os ameaços. Mon Dieu, muito gritei eu. Que nervos!!

Agora estou exausta. Acho que amanhã podia ficar em casa a recuperar, será que a minha directora aceita?

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Uns voltam, outros continuam..

Da 'geração' que me acompanhou em Barcelona já não sobra ninguém. Ninguém .

Quase todos regressaram para Portugal, menos o G.


O G. foi o derradeiro resistente. Continuou a trabalhar, a fazer festas, a escalar montanhas e a fazer expedições de BTT. Explorou Barcelona e arredores como muitos barceloneses nunca fizeram. Mas depois achou que havia mais Mundo para explorar e humanidade para conhecer.


Largou o (excelente) emprego que tinha. Foi passear para a Tailândia, Indonésia e outros paraísos. Depois foi para o Peru e Chile. Agora está no Brasil.


Tudo isto espetado no Facebook diariamente com fotos estrondosas. E a inveja...aaaaahhhh...se matasse estava aqui durinha.


Claro que a paixão pelo Rio de Janeiro foi de tal maneira assolapada que ele decidiu assentar arraiais por lá indefinidamente. Vida boa!!


E eu vou sonhando também. Não que queira ir viver para o Brasil, acho que andamos a criar um cenário idílico num país que não é assim tão perfeito (pelo contrário). Mas esta liberdade de poder decidir para onde se quer ir trabalhar e viver é cativante.


Bem, mas só um solitário consegue vencer as amarras da família e de todas as raízes que enterramos neste cantinho à beira mar plantado, não é?


Mas que as fotos são deliciosas, lá isso...

Fim de semana cheio de actividades e depois...

Believe it or not, mas só hoje é que me deu a vontade de arrancar toda a roupa de Verão do roupeiro e colocar a de Inverno.


O problema é que eu arranquei e deixei amontoada em cima da cama. Depois fui laurear a pevide e agora que estou cheia de sono não tenho coragem de olhar para aquela montanha obscena de trapos por arrumar.


Enfim, lá terá de ser...já sei que amanhã de manhã vou-me bater por ter deixado tudo para última hora.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Se o meu colega tem direito a fazer N intervalos para fumar uma cigarrada..ou para beber (mais) um café, eu também tenho direito a fazer um intervalo e vir cuscar na net, certo?


Ora bem, o que me assiste neste momento?


As casas de banho do meu local de trabalho.


Sim, há senhoras que trabalham neste edifício que estão em estado pré-histórico quando vão ao pipi room. Eu até consigo imaginá-las de cócoras em cima da loiça sanitária a fazer as suas necessidades. Até porque não arranjo outra justificação para o estado lastimoso e vergonhoso que muitas deixam a casa-de-banho. É de doidos!!!!!


Será que em casa fazem o mesmo?


Despejar o autoclismo, não?

Espreitar se deixou rasto, não?

E o papel no caixote, hein?


Até custa acreditar. Tão dondocas e tão porcotas!

Têm por lema que as empregadas existem para limpar a m***a que fazem!!!!

PORCAS!!!!


Pronto, já desabafei :)

domingo, 6 de novembro de 2011

Coragem ou insensatez?

Há poucos dias recebi a notícia de uma pessoa conhecida se tinha suicidado.


É sempre chocante saber que uma pessoa tomou a deliberada decisão de acabar com a vida enquanto que há outras que lutam com todas as armas e esperanças para sobreviver a doenças malditas.


Acredito que o cérebro é a maior arma que temos. Se ele está desformatado para a alegria de viver, devido a depressões profundas, não há muito a fazer. Acho eu.


Esta pessoa tinha perdido o marido (por quem era apaixonadissima) fazia agora um ano. Nunca superou e acabou por ceder à saudade. É tão triste...


Por vezes penso nisso. Como seria se eu perdesse todas as pessoas que eu amo nesta vida? Conseguiria viver?


Quando estou de alma mais leve e positiva penso o seguinte. Não sabemos o que nos espera além da morte, por isso o jeito é aproveitar ao máximo esta passagem por cá.

Numa visão à distância e friamente falando, quando uma pessoa está sem rumo, com vontade de baixar os braços, deve alterar drasticamente a sua vida.


Eu iria emigrar. Brasil seria certamente o destino mais provável. Tentaria criar uma história de raíz sem me agarrar às memórias passadas (que são sempre dolorosas, nem que seja por causa da saudade). Estaria motivada a começar de novo. Já que aqui estou, porque não aproveitar até ao fim?


E se mesmo assim eu estivesse decidida a acabar com a minha vida, iria dar uma passeata pelo calçadão no Rio carregada de jóias e um iPhone...

sábado, 5 de novembro de 2011

What a week!!

Mesmo com um feriado pelo meio, trabalhei feita escrava esta semana. A sério, que loucura!!


Zero idas ao ginásio, zero idas ao FB, zero idas ao meu mail pessoal, quase zero espreitadelas nos blogues, uma hora de atraso num jantar de família (minha e dele), cancelamento de avaliação corporal e menos não sei quantas horas de sono.


Enquanto isso o meu fiel amigo (not!) sujeito que faz equipa comigo zarpava às seis em ponto todos os dias (para além de ter feito ponte).


Tanto esforço e dedicação darão frutos ou a big cunha prevalece sempre? Daqui a 7 meses veremos.


Até me atrevia a fazer uma aposta, mas seria ridículo eu apostar contra mim...

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Halloween, dia das Bruxas, o que for

Mas que foi, foi!


Ao mesmo tempo que eu sangrava horrores e contorcia de dores (a sério, quando chegar a menopausa vou fazer uma mega festa), tudo aquilo que se esperava de uma segunda-feira calma, não aconteceu.


Foi stress desde o primeiro minuto que pus o pé no trabalho (claro está que não fiz ponte).


Até o director supra sumo decidiu falar comigo...às cinco da tarde!!! Obviamente para me pedir uns dados para a reunião de 4ª feira. Uns dados no conceito dele, um trabalhão-daqueles-que-nem-sei-como-vou-sair-destas para mim.


É dose ser a única arquitecta num mundo de 500 pessoas. Como é que é possível??!!


Enfim, deixei tudo alinhavado para amanhã, mais nada pude adiantar dado que toda a gente que tem as informações que eu preciso meteram o dia.


Já só queria chegar a casa, calçar as pantufas e pedir colinho ao meu guapo. E que bem que me soube :)


Assim até sabe bem chegar a casa (apesar de estar tudo por arrumar e a mancha no tecto da sala lá estar para me relembrar que preciso de obras).

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Amizades tremidas

Como se não me faltasse mais nada, agora deparo-me com uma situação algo difícil de gerir.
 
Ora bem, e resumindo, tenho uma amiga que por e simplesmente quando se referiu ao meu guapito (e noivo, né) chamou-lhe todos os nomes possíveis e imaginários por causa de uma coisa que ela, a meu ver, não tem razão nenhuma.
 
Ou seja, é minha amiga e frisa que aquele assunto não é para ser discutido comigo. Recusa-se a conversar com o meu guapo (ele nem sabia que ela estava chateada com ele) e anda a denegrir a imagem dele a toda a gente.
 
Fiquei abananada.
 
A minha vontade foi rodar a baiana logo ali, mas dado que estavamos numa missão de apaziguamento achei melhor não. No entanto, ficou-me atravessada.
 
Não só o meu guapo ficou super chateado (e chocado) com a situação como também já afirmou que se ela não for conversar com ele esclarecer as coisas não a convida para o casamento e corta relações!
 
Isto porque, não obstante de essa minha amiga ser boa pessoa, tem defeitos. Três dos quais são a teimosia, infantilidade e ser caprichosa.
 
Cheira-me que isto assim não vai longe. É triste pensar assim, mas a realidade é que se ela não entra nos 'eixos' a amizade vai-se.

What a day!

Depois de um dia extenuante, difícil, onde nem lugar de estacionamento no parque do sítio onde trabalho consegui arranjar, eis que chega ao fim.


Uma luz ao fim do túnel que se descobre quando se constata que muitos dos sintomas inexplicáveis da mamãe se encontravam nos efeitos secundários improváveis de um medicamento para a tensão.


Se assim se confirmar, são menos 2 toneladas de preocupação que me saem de cima.


Amanhã também vai ser um dia difícil, mas esperemos que as notícias também sejam milagrosamente boas.


Posto isto, vou dormir. Este cérebro precisa de repouso.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

de Coimbra a Viseu

Como costuma dizer o Calvin: 'Suspiro'

Foi tão bom e parece que já foi há tanto tempo! Fazia sol, calor e apesar do cansaço, foi maravilhoso!!! Romantic breaks, aconselho vivamente!


1ª paragem: Coimbra!
















Biblioteca Joanina...não se pode tirar fotos,

mas ooops, a máquina disparou sozinha!


Pousada de Viseu com intervenção do Byrne





O Cortiço, paragem obrigatória.



Uma das vistas do nosso mega quarto!!!


Ao domingo de manhã (ainda) tem entrada gratuita

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Depois de ter devorado um pacote de Ruffles onduladas

Corpo, explica-me:

Porque é que é ridículo pensar que tenho de perder 3 quilos até ao fim-de-semana, e o contrário já é totalmente plausível e possível.

A sério, porquê?

Euro-net-milhões

Finalmente aderi aos Jogos da Santa Casa online.
 
Estou desejosa que chegue o dia em que olhe para o telemóvel e tenha lá uma mensagem da Santa Casa a dizer: 'Parabéns! Por favor reclame o seu prémio nas instalações centrais da Stª Casa da Misericórdia.
 
Isso é que era uma mensagem bombástica!!!
 
Mas enfim...hoje não é o dia.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ontem foi dia de cinema

Se há coisa melhor para a neura de segunda feira (que não engorde) é ir ao cinema.
Ver filmes ligeiros, ligeirinhos.
 
Se na semana passada fui ver Meia Noite em Paris - que vale pelas imagens dessa cidade magnifique!!! - ontem foi dia de 'Não sei como ela consegue'.
 
No fundo é um filme assim...previsível e tipicamente americano cor-de-rosa. Enquanto assistia a tudo, eu só pensava: 'Oh Gosh, eu já tinha tido um AVC'.
 
Tão fácil optar por fugir para Aruba, não é?
 
Enfim, valeu pelas imagens de NY! E revermo-nos naqueles passeios há quase um ano atrás!
Ah, que saudades! Foi tão bom.
 
Este ano a passagem de ano será bem menos excitante e cara. Não há orçamento nem dias de férias para tirar, por isso... Boooriiiing!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Sete olhos nas promoções

No supermercado do El Corte Inglés de Lisboa é tido e garantido que SEMPRE que compro alguma coisa em promoção o mesmo não acusa na caixa.


Depois lá tenho de ir ao balcão de informações pedinchar pelo correcto valor.


Já é a segunda vez que faço reclamação por escrito.


Cheira-me que não vai ficar por aqui. Próxima vez que acontecer o mesmo peço o livro de reclamações e não o papel químico de reclamações/sugestões (que muito provavelmente fica no circuito interno e nunca é mostrado para as vistorias externas).


É que é SEMPRE!!!!!

Parece que sim...

...que o Outono começou.


De maneira estrondosa e brusca.


Chuva torrencial (que espero que no mínimo tenha servido para me lavar o carro que estava deploravelmente e vergonhosamente sujo). Tudo seria romântico e agradável não fosse o facto de ter desatado a pingar dentro de casa. No sítio do costume, no cantinho da sala. Cantinho esse que paguei uma pipa de massa para vedarem a tela na cobertura e pelos vistos não serviu de nada.


Mais um problemita para resolver.


Ou mais uma razão para me mudar para a casa do guapo :)))))))


foto by Muñeca

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

RPM

Ontem lá fui tentar mais uma vez render-me ao RPM.
Foi giro (é sempre mais giro ir com amigas). Saí de lá com caimbras nos pés como nunca antes sentido e a cuspir partes dos pulmões.
 
Senti-me pronta para comer um pastel de nata e um crunchie!
 
E assim se foi a dieta :P
 
A sério que ando um horror. Horror de celulite, horror de moleza e banhitas. Mas eu tenho fé que isto vai tudo ao sítio. Agora já estou mais adaptada à nova rotina, por isso está na hora de fechar a boca e pedalar mais.
 
Pior mesmo são os ziliões de vouchers para almoços e jantares que estão ali a terminar o prazo. É uma desgraça.
 
Aliás, quem consegue fazer dieta em restaurantes? Eu não. Definitivamente.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Pobres com bimbys

Acho fantástico um fenómeno que assisto muito em Portugal.
 
O queixume diário de não ter dinheiro, não sei se me renovam o contrato, isto está muito mal, coiso e tal. E depois anunciam a toda a gente que andam encantados com a Bimby que acabaram de comprar. Ou o iPad ou o iPhone.
 
Para mim é tomar as outras pessoas por parvas.
 
E não digo isto de pessoas conhecidas minhas, não. Falo de amigos mesmo, com quem temos convivência quase diária!
 
Por isso que eu digo sempre: 'as pessoas têm sempre muito mais do que o que dizem'. Estas, as que se queixam que não têm dinheiro.
 
As que se gabam de ter mundos e fundos, por norma escondem dívidas de envergonhar qualquer um.
 
É por essas e por outras que eu agora também me vou começar a queixar.
Pode ser que assim consiga comprar uma Bimby, um iPad e um Blackberry.
 
Haja paciência!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Momento de pausa

Estou a adorar as minhas unhas de gelinho. Just that!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Alguém tem de ceder

Namorar dá trabalho. Dá.

Mas quem corre por gosto não cansa, verdad?


Às vezes tenho saudades de gerir o meu tempo à minha maneira mais egoísta. Chegar a casa e pensar só em mim. Programar a semana a meu belo prazer.


Quando temos de ceder (e temos sempre) há uma parte de mim que se contorce. Porque este fds o sobrinho faz anos. Amanhã à noite a mulher do amigo Y faz anos e temos jantar. Porque ao outro apetece ir ao cinema e a nós só nos apetece vegetar no sofá. Porque queremos ir ao ginásio 3 vezes por semana, mas não dá porque temos compromissos. Uffff, que canseira!!


Não me queixo. Gosto. Mas ando exausta!!!!!!!!


Pior é que só me vem um pensamente à cabeça: E quando chegarem os filhos?

Não sei, tenho sérias dúvidas em relação à minha resistência física e mental. Às vezes sinto-me sufocar. Quero fazer as coisas à minha maneira mas não posso.


Já não posso.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Indo eu, indo eu, a caminho de Bijeu

Este fim de semana foi de namorar muuuuuito!

Depois de uma semana horrivel, uma sexta-feira stressante até ao tutano, eis que rumámos a Coimbra. Hotel que surpreendeu pela positiva. Óptimas instalações, room service acessível e banheira enorme (aiiiii, o belo banho de espuma).


Muito calcorreei pelas ruas, subidas e descidas. Calor ardente e boas vistas.

Muito comércio tradicional ao abandono, que entristece qualquer cidade.

Seguimos com um sorriso na alma até Viseu.


Desta feita, tinhamos um voucher a passar a validade e apostámos na pousada. Claro que o guapo fez um upgrade no quarto às minhas escondidas. Valeu cada euro, garanto. Viseu a nossos pés quando deitadinhos na cama gigante. Excelente!!!


Picámos ponto no Cortiço e regressámos a rebolar para o quarto. Viseu estava deserta para aquelas bandas. Energia para metermo-nos em discos também não nos assistiu.


Dormir profundamente era tudo e só o que desejavamos.


Objectivo cumprido.


É assim, está crise, está um caos, injustiça social a brados, mas temos de nos preservar. Já estavamos a precisar deste escape e eu nem me apercebi.


Pequeno detalhe, o hotel estava com lotação esgotada!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

traições

Continuo sem perceber as traições.
 
Eu vejo a minha relação com o Guapo como sendo uma dupla imbatível. Uma equipa coesa, prontos para vencer no mundo.
Tal como com a minha família. Somos muito unidos e lutamos pela felicidade de todos.
 
Como surge a traição?
 
Como surge a traição sem vergonha, sem complexos e cheia de segredos.
 
Fica latente a sensação que o único objectivo é de nos fazer sofrer, de arrasar com a nossa auto-estima, de nos estilhaçar o coração, de perdermos fé nas relações humanas.
 
Ser traído é muito mau.
 
Ser traído pela pessoa que partilha o nosso travesseiro, a nossa intimidade, é horrível.
 
Tudo de supera, menos a morte. Só que por cada traição que nos atravessa alma, é um bocadinho da nossa fé que morre também. Fé nas pessoas e na veracidade dos beijos, abraços e palavras que nos sussurram ao ouvido durante anos.
 
Pois, ainda estou em choque.
 
Apetece-me, verdadeiramente, bater em alguém.
E com muita força!!
 
(porca, a gaja!)

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Mais uma

Por vezes acho que tenho uma costela de bruxa.
De repente ficar doente (que é coisa rara na minha pessoa). Depois melhoro e subitamente a má disposição ataca durante toda a noite.
 
Até parece que adivinhava!
 
Esta manhã liga-me a minha mãe chocadissima.
 
A minha cunhada foi apanhada em flagrante com outro sujeito. Oh yé.
 
Com ar de sonsa e de quem não parte um prato e é assim.
 
O que dói no coração de uma mãe de ouvir o filho chorar ao telefone eu não sei. Mas o meu, de irmã caçula, arde de raiva. Sei o que é sofrer quando tudo acaba. Sei que o meu brother no fundo é uma alma hiper sensivel e deve estar agoniado de dor e desilusão.
 
Se ninguém esperava por isto, imagino ele. Tenho receio do que lhe possa passar pela cabeça. Há quase dez anos juntos e puff!
 
Toda a gente tem direito a sair de uma relação porque não está satisfeito. Agora andar a fazer o parceiro passar por parvo e ENGANÁ-LO, é falta de respeito e não tem justificação.
 
É o que digo, está tudo louco!!!!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Uma nunca vem só

Primeiro a mãe doente.

Depois a minha gastroentrite.

Hoje a querida EMEL bloqueou-me o carro. Noventa euros que sairam a voar da minha magra carteira.

Sinceramente!!!!

O mais frustrante disto tudo é que eu sou uma picuinhas com o estacionamento, não gosto de facilitar porque eles andam sempre à espreita. E hoje caí que nem uma patinha. Eu e outras 2 dezenas de carros.

domingo, 9 de outubro de 2011

Que tentação

Ele foi uma besta quadrada para ela.
Ela é minha amiga.

O que fazer quando o encontrar no meio da rua?
Cumprimento-o normalmente? Viro a cara?

Raio dos homens!!! Parecem uns santos e de um dia para o outro transformam-se em monstros medonhos.

Gastroentrite

Jantar no Nepalês (hot & Spicy);
Almoço dos anos da tia avó no restaurante (gordura a montes);
Bolo com fruta e chantilly;
Jantar salada de marisco e sapateira;
Tudo sempre regado de vinho.

Conclusão:
Bonito serviço!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Eu vi

Um homem de fatinho em cima de uma vibroplate no shopping. Eu vi o rabo do homem a tremer mais do que o terramoto do Japão.


Não é bonito de se ver, não senhor.


Fiquei a imaginar o efeito daquela máquina na minha pessoa e achei que aquilo só pode ser uma máquina do diabo! Deus-ma-livre. Ainda por cima no meio de um shopping com tooooda a gente a ver.


Onde pára o pudor, minha gente?


E tirar sobrancelhas e buços em público????


Eu até acho que fazer as unhas no meio de um corredor com milhares de pessoas a passar já é mauzinho quanto mais o resto...

terça-feira, 4 de outubro de 2011

O lobo e a pele do carneirinho aqui tão perto

Uma pessoa a sonhar de olhos abertos, com corações a sair dos olhos e aparecem-lhe histórias do arco da velha.


Contava-me uma amiga que uma outra sua amiga decidiu dar o nó com o namorado de há já 7 anos. Sete anos de namoro, quatro deles a morarem juntos. Casar não era imperativo, mas como pensavam ter bebés acharam por bem (e por romance) oficializar a coisa.


Passados os 15 dias de lua-de-mel, sua excelência marido revelou a sua verdadeira natureza. Começou a relinchar e a mostrar as garras. Mulher sua não pode fazer horas extra no trabalho, nem chegar a casa tarde, nem o raio que o parta. Gerou-se ali uma discussão tremenda onde sua excelência marido tratou a sua recem esposa que nem um lixo.


As malas da viagem nem chegaram a ser desfeitas. Ela zarpou para casa dos pais. Ficou em crise, fechada em casa durante 3 dias inteiros. Quando decidiu que era a trabalhar que conseguiria a cura, assim o fez. Quinze dias depois deste infeliz carnaval o senhor marido (soon to be ex) já se passeava pelo meio da cidade com outra desinfeliz.


Já não é a primeira, nem a segunda vez que me contam histórias (reais) como estas. O principe transforma-se em monstro após assinar um papel. Papel que assume como sendo um contrato que lhe dá direito de posse de propriedade: a mulher.


O Mundo está louco, só pode!!!


O guapo que nem sonhe dar-me uma desilusão dessas! Internava-o logo num hospício!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Eu não queria, mas...



Ora bem, é inevitável estar engaged e não pensar no casamento.

Pensar que temos de começar a pensar...em arranjar dinero, money, bufum, pilim.

Escolher o sítio (que a minha lista de convidados já está bem delineada). Convites...decorações...música...bolo...aiiii...fico sem vontade, acreditam?



Só queria estar com o meu guapo para sempre e pronto!



domingo, 2 de outubro de 2011

Almost ready!

O apartamento do meu guapo está quase pronto. Só faltam as tomadas e o contador do gás :)
Está tão giro, tão clean, tão amplo e vazio. Com um closet tão fofinho...ai ai ai.
A cozinha, não sendo muito grande, está bastante completa. Tudo embutido, encastrado, branquinho e apelativo.
Agora, mais que nunca, suspiro por uma bimby. Ficava ali tão bem...
Cada vez que vejo receitas para a bimby em que é só meter os ingredientes e ir ler um livro enquanto ela trabalha, fico ansiosa.
Porque o tempo não tem preço. E porque uma bimby seria tão bem bem vinda como um iPad.

Consumista/interesseira eu, não?

sábado, 1 de outubro de 2011

nem 38 nem 36

Comprei os 2 pares de calças na H&M.

Vesti as calças pretas e ao fim do dia pareciam um saco de batatas. Alargaram imenso e ficaram sem forma. Um horror.

Fui até à loja experimentar a versão 36 e ficavam assim para o apertado. Achei que ia ficar cheia de celulite com umas calças tão justas. Certo?

Pois, agora tenho 2 pares de calças saco de batata.

É a cólidade, baratinho e...uma porcaria!

P.S- Será que se as puser no congelador dentro de um saco elas encolhem?

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

gelinho

amanhã lá vamos nós ser amigos íntimos.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Das neuras

E dos nervos esfrangalhados, decidi que está na hora de programar a próxima viagem.


Quero lá saber se não há dinheiro, se há crise, se se se!!! Não quero saber!


Vou viajar e pronto! Preciso sair, ver mundo, esquecer esta pequenez de mentalidades em que me vejo mergulhada todos os dias da semana. Nunca na vida pensei ter tão mau colega de trabalho. É mesmo muito mau. E não consigo deixar de falar nele. AAAAHHHHHH!!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Arrasada com tanta incompetência e arrogância do sujeito.

Ainda nem passou um mês e já estou pelos cabelos. Isto não é normal.

Só por causa disso, fui devolver uma blusa e saí da loja com umas sabrinas e 2 pares de pulseiras.
E ainda comprei 2 pares de calças da H&M.

Houvesse mais dinheiro e tinha comprado muito mais (nem espreitei a Zara para não me desgraçar por completo).

Que desgraça!!!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Camões de salto alto

Depois estar a tentar ignorar aquele saco que já não dá para devolver com os black kitty heels, li um post da Kitty sobre alargar sapatos e decidi entregar as mãos à obra.


Já pus os saquinhos dentro dos sapatos, já congelaram e agora estão calçadinhos nos meus pés. Só não sei durante quanto tempo, pois estou mortinha por ir dormir.


Estou de pijama e salto alto, que sexy!!! E um derrame no olho esquerdo (começou na 6ª, parou no fds e voltou hoje). Maravilha de alergia ao trabalho, essa é que é a verdade!

domingo, 25 de setembro de 2011

Nova forma de poupança

Em tempos de crise, medidas drásticas.


Bem, nem tanto assim. Mas já descobri um truque novo para controlar os meus devaneios consumistas.

Compro uma blusa, ou umas calças, uns sapatos, o que for. Chego a casa e deixo-os arrumadinhos a um canto durante...3 semanas.

Depois volto a espreitar o que comprei e repenso. As calças afinal não ficam assim tão bem (os espelhos maravilha de algumas lojas são um embuste), na realidade não preciso de mais uns skinny jeans, até porque segundo as fashion advisers só mulheres com perna esguia e esquelética é que podem usar esse tipo de traje.


OK, peça a devolver.


Outra blusa com padrão piton tão em moda. Não é feia, é engraçada. Mas não estou a ver-me usá-la tão cedo. E fica muito larga.


Peça a devolver.


E com isto, 'poupei' 60€.


Acho que assim já posso comprar os sapatos que não me saem da cabeça (os da Zara)...

Pronto, esta parte 'anula' a poupança, mas pelo menos não acumula com os outros artigos.

Vá, concordem lá comigo. Sou muito poupadinha, não sou?

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SÔ DÔTÓRES

Aqui (quase) todos são doutores. Não de doutorados, mas sim de estatuto. Muito estatuto.
 
Os diplomatas, os médicos (e não são os estagiários), os juízes. Os supra sumos.
 
É vê-los a passar de nariz em alvo. São (por norma) os que só cumprimentam se também for reconhecido pelo mesmo 'estatuto'. Ou se estivermos vestidas de Chanel de ponta a ponta.
 
É assim que a gente os distingue (infelizmente).
 
Agora a perguntinha: eu sou Arquitecta. Onde é que se enquadra o meu ESTATUTO?
 
Posto isto, BOM FIM DE SEMANAAAAAAAA!!!!!!!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Impacto?

TPC:
Preciso estudar a diferençao entre impacto e impacte.
 
 

mais uma

Foram só 5 minutinhos a ver o Dr. Oz para ficar com a certeza absoluta
que tenho cancro nos lábios!

Tenho de ir ao médico JÁ!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

agarrem-me...

...que eu vou-me a ele!!
Grrrrrrr!!
Este sujeito dá cabo de mim!
Só dá sugestões estapafurdias em alternativa às minhas propostas
estruturadas e pensadas. Quando eu acabo de contrapor em relação à
ilogica das idéias dele, faz-me aquele gesto de: yes sir!
Como se eu fosse um general.

Palhaço!

Eu devia criar uma rubrica...

...só para o sujeito lá do trabalho.


É com cada coisa que ele faz / não faz /diz / pergunta que eu fico parva.

Não estou a gozar com ele, nem tenham pena dele. O sujeito é convencido, só quer ser chefão às custas dos outros e trabalhando o mínimo necessário. Quando não sabe, recusa-se a perguntar e faz figuras de parvo.


Posto isto, tenho de contar a última.


O sujeito deveria dominar o Excel da mesma maneira que eu domino o Autocad. Supostamente é por isso que o meteram a trabalhar comigo.


Então ontem dizia-me ele, muito indignado, porque é que naquela tabela (que ele demorou 2 dias a preencher!!!!) ele agora introduziu os dados mas na terceira célula não apareceu o valor convertido.


Eu olhei, e vi logo o que se passava. A célula estava sem a fórmula. Então disse: 'Oh, tens de meter igual e depois clicas na célula X...'


PAROU!!!


O sujeito estava a escrever com todas as letrinhas 'igual' no excel.


Como é que eu mantenho a minha sanidade, digam-me! Como??!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Trabalho, sorte e estrelinhas

Quando me dizem que tenho uma estrelinha da sorte porque arranjo sempre um trabalhinho aqui ou ali eu faço: 'Oi?'.


Sorte? Estrelinhas? Que é isso??


Se tivesse isso tudo, teria sempre trabalho garantido, com bons profissionais, bom ambiente, bom ordenado, bons projectos, perspectivas de evolução na carreira, certo?


Na realidade tudo o que eu faço é 'pôr-me a jeito'. Falo para os amigos que estou activamente à procura de trabalho (porque enviar CV e ficar a olhar para o monitor só não basta), arranjo mil e uma coisas para me manter ocupada (embora passe por crises agudas de preguicite).


O que é facto, é que em Portugal, os trabalhos que tenho arranjado foram através de amigos. O amigo que soube de uma vaga e lembrou-se de mim. Que faço eu? Não perder a oportunidade (quando acho que vale a pena) e pôr-me logo em campo.


Talvez tenha sorte por me ter cruzado com pessoas que reconhecem o meu trabalho e não têm pudores nem problemas em dar a cara por mim, porque confiam na minha competência.


Mas se tivesse essas estrelinhas, sortes e luas, teria uns 'grandes amigos' que já me tinham possibilitado aceder a trabalhos bem decentes, cheios de prémios anuais mesmo sem ter feito NADA.

Não gosto mesmo nada que me digam que tenho sorte no trabalho, porque não tenho. Simplesmente há pessoas com menos pontaria...

Neuras

Obviamente que para afastar os maus humores tive de ir às compras (comedidas).


Objectivo: encontrar pelo menos um par de calças estilo clássico e uma saia pelo joelho tipo farda (vai com tudo).


Fui à Mango, nada. Apesar de ter imeeeensa coisa que não me importava nada de levar para casa. Fui à H&M e...bingo!!! Nem sei como, encontrei as calças perfeitas. Com bom cair, soltas na perna, mas ajustadas no rabiosque. Também trouxe uma saia cinza, daquelas que não aquecem nem arrefecem mas que decerto irão safar-me em muitas toilettes.


Depois fui dar uma espiadinha rápida na Zara. Ai Jasuuuuus, que se eu pudesse lá ia tudo!! De calças não vi nada assim do estilo que eu queria, mas de resto...


Fiquei vidrada nuns sapatos kitty heels cor vermelho desmaiado. Tão confortáveis que até apetecia correr com eles. Nada caros, 40€, mas fiquei-me só pela vontade.


Maybe next time.

Até pareço que ando azeda

O meu colega de trabalho tira-me do sério. Suga-me a boa disposição. Faz-me crescer um bigode.


Vindo de mim niguém acredita. Eu sempre fui muito bem humorada no trabalho, sempre consegui levar as coisas nas calmas, fiquei com amigos para a vida em cada sítio que trabalhei.


Isto, porque nunca tinha apanhado um mau colega. Um gajo que não faz um cu mas que consegue iludir toda a gente à sua volta com um ar muito compenetrado e concentrado a fazer sabe-se lá o quê.


Eu ando a respirar fundo e a contar até 20 antes de responder, mas as minhas vértebras de mau feitio estão a dar de si. Há-de chegar o dia em que lhe dou um par de berros a ver se atina. Palhaço, pah!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Não dá para aceder ao blogue aqui no trabalho. Que chatice!
Lembrei-me agora que tinha aquela coisa de colocar posts directamente através de mails :)))
Ò pra mim toda contenteeee!!
 
Gosto sempre de debitar qualquer parvoice para o blogue com regularidade. Porquê? Bem, porque é o meu diário. É giro reler situações, angústias e momentos. Como já tinha dito, e repito, tenho pena de não ter começado mais cedo!
 
Teria sido uma grande ajuda quando trabalhei em Sintra e tinha o coordenador mais abominável à face da terra. É que escrever (mal ou bem) sempre é terapeutico de alguma forma.
 
A mi me gusta!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Os metrossexuais ainda existem?

Tenho um colega que tem uma pele na cara de pasmar.

É homem e não tem um único poro aberto. Nada. Limpinho.Rabinho de bebé.

Fico fascinada e invejosa a olhar para aquela pele uniforme, sem olheiras, sem borbulhas, sem marcas, sem poros dilatados (nem mesmo junto às narinas).


E as mãos? Unhas impecáveis. Nem uma pele fora do sítio, nem espigões nos cantinhos, nadinha.


Depois ele fez o seguinte comentário a propósito da 6ª feira traje informal e a-seca-que-é-andar-sempre-de-fato-e-gravata: 'às sextas de manhã já só penso na roupa que vou utilizar à noite!'


Say what???


Tudo explicado.

Constatações da vida

Conseguir planear na véspera o que vou vestir no dia seguinte poupa-me meia-hora de angústia de manhã.

Ai que saudades dos meus jeans!!!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Ai os nervos

A pessoa que obrigatoriamente faz equipa comigo neste trabalho está ali está porque o chefão já trabalhou com ele há uns anos atrás e convidou-o para este trabalho.

Achou que nos completariamos como equipa. Eu, como arquitecta, ele com experiência em inventariação.


Ao fim de poucas semanas descubro que o meu partner não só não sabe mexer no excel, como não entende o que eu digo, não tem iniciativa, está sempre à espera que eu avance, que eu ligue, que eu escreva, que eu plane. E eu faço tudo, porque o trabalho tem de aparecer feito.


Fico aparvalhada com tamanha nabice, falta de humildade e excesso de ambição para quem nada faz.


Uma aposta que ele ainda chega a chefinho?

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Consultas no Hospital da Luz

Duas horas!! Duas horas de atraso para a minha consulta!!


Supostamente só tinha uma pessoa à minha frente.


Às tantas tive de informar a assistente que tinha de me ir embora pois tinha compromissos profissionais que não podia falhar.


Não que eu seja uma fanática da pontualidade (que não sou), mas DUAS horas de atraso é dose!!

Primeiro, se me dirigi a um hospital privado a pagar mundos e fundos é porque não tenho tempo (nem hipótese) para ficar horas à espera de vez num Centro de Saúde. Segundo, quando me dirijo à funcionária para perguntar pela médica ela pede-me para aguardar mais um bocadinho que a doutora foi só comer qualquer coisa, é de se ficar doente de vez!!!


Minhas queridas, eu tinha consulta às 12h30 e às 14h30 fui-me embora, desisti de esperar. Às 15h00 tinha uma reunião no meu novo emprego. Eu não tenho dispensa do patrão para perder uma tarde à espera de uma consulta, simplesmente não dá! Ou seja, se a doutora almoçou mesmo tendo compromissos e pessoas à espera, EU não almocei e fui directa para uma reunião onde todos me esperavam. Almocei às seis e meia da tarde.


Fiquei tão nervosa e tão irritada que só me apetecia chorar.


Nunca me tinha acontecido isto no Hospital da Luz, mas com esta médica foi a segunda (e última) vez. Vontade de fazer uma reclamação não me falta. E a eles, clientes também não, infelizmente.


Vou espreitar o Hospital dos Lusíadas a ver o que podem fazer por mim...