quinta-feira, 26 de maio de 2011

Sempre que eu ando de transporte públicos há uma história

Ia eu descansadinha da vida a percorrer o metro (a trocar de linha), metida nos meus pensamentos, parada na escada rolante.


Tudo certo.


Agora vou especificar. Eu estava preguiçosamente parada na escada rolante encostada ao lado direito. À minha frente estavam duas pessoas paradas lado a lado. De repente, aparece uma mulher com a amiga. A mulher era africana (raça negra) e a amiga era brasileira. Iam a subir a escada rolante pelo lado esquerdo, mas ficaram retidas ao meu lado por causa do sujeito que estava parado (no lado esquerdo da escada rolante) em frente.


Então o que é que a senhora africana resolveu fazer, falou bem alto em plenos plumões: 'OS PORTUGUESES SÃO BURROS'. Eu olhei para ela com uma cara de parva, como se tivesse sido acabada de acordar à estalada. Oi?


A amiga brasileira ainda tentou disfarçar a inconveniência da amiga. Só que ela não se calava e repetia a mesma coisa: 'São burros são, está parado na esquerda da escada. Em Londres ninguém para na esquerda da escada, blá blá blá'. O rapaz à frente nem se tocou, estava a viajar na maionese e seguiu caminho.


Eu espumava por dentro. A minha vontade era dar-lhe uma ensaboadela ali mesmo. Mas depois do video que tem passado nos telejornais da violência gratuita que se vive em Portugal achei melhor ficar calada.


No entanto, se essa cara senhora souber ler, fica aqui o recado: antes de partir para a ignorância não se perde nada em dar um toquezinho à pessoa da frente, ou dizer com licença para conseguir passar. Não custa nada, é uma questão de educação. Em Londres anda-se pela esquerda nas escadas rolantes e conduz-se pela esquerda de carro. Também há países em que se come com as mãos e em que as mulheres não podem mostrar os tornozelos. São tradições, crenças e hábitos.


Se ela me dissesse que os Portugueses são BURROS porque consideram manter no poder o MENTIROSO COMPULSIVO que levou o país à bancarrota profunda nos 2 mandatos que teve, aí sim, tinha razão. Agora de resto, minha amiga, vá ser mal educada para LONDRES. Parvalhona.

2 comentários:

Summer disse...

clap clap clap =)

Ana Neto disse...

Muito bem "falado"!