sábado, 8 de setembro de 2012

Só para não deixar em branco...

Eu sempre disse que quando quisesse procriar iria para o Brasil.
Lá é normal, ou melhor, banal, ter uma ama para nos ajudarem a cuidar dos nenéns quando nascem. E não é costume somente da classe alta!
Os seguros cobrem operações plásticas (bebé cá fora, corpinho novo!!).
 
Bem, falando de coisas menos fúteis:
A economia no Brasil está em flecha e durante os próximos 2 anos trabalhos para arquitectos não vai faltar.
Guapo, já estivemos mais longe de zarpar daqui...Infelizmente esta terra (os dirigentes!) não nos querem aqui.

1 comentário:

Pepper disse...

Olha que a amamentação ajuda a recuperar o corpinho danone! ;)